40 mil cabeças de gado devem ser vacinadas contra a febre aftosa em Vitória da Conquista

A vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa iniciou desde o início de maio na Bahia. Nesta etapa, serão vacinados os rebanhos de 00 e 24 meses. Em toda a Bahia estima-se que possua um rebanho de 11 milhões, desse total cerca de 04 milhões estão na faixa etária a ser vacinada agora. … Leia Mais


Bahia, Destaques, Saúde, Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Deputado Félix Mendonça Júnior garante R$1,3 milhão em emendas para Vitória da Conquista

O deputado federal Félix Mendonça Júnior garantiu o envio de R$1,3 milhão em emendas para Vitória da Conquista em 2022. Os recursos são destinados ao custeio e investimentos na área da saúde. Desse total, R$800 mil já estão nos cofres da prefeitura. O restante deve ser transferido pelo Ministério da Saúde até junho. Os recursos … Leia Mais


Conquista, Destaques, Política, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Tristeza em Conquista: Corpo de Lúcia Dória será velado na Câmara de Vereadores

Vitória da Conquista amanheceu de luto. Faleceu Dona Lúcia Dória, aos 70 anos, presidente do conselho municipal de saúde de Vitória da Conquista e diretora do Hospital Samur. Ativa e bastante querida, Dona Lúcia deixa amigos, familiares e colegas de trabalho em luto. O corpo será velado na manhã de hoje (13) na Câmara de … Leia Mais


Conquista, Destaques, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Alerta em Conquista: Tá faltando medicamentos nas farmácias

Uma situação que merece atenção e preocupação está acontecendo em farmácias de todo o Brasil. E aqui em Vitória da Conquista não está sendo diferente, diversos medicamentos estão em falta nos estabelecimentos.

Entre os principais tipos de remédios que estão em escassez são antibióticos e alguns para tratamentos de doenças respiratórias. Mas em algumas farmácias a lista passa de mais de vinte produtos.

Os médicos chamam atenção para o caso, mas dizem que apesar de toda atenção necessária, não é motivo para alarde. Tem opções de substituições e combinações, mas que devem ser feitas apenas após orientação de um profissional responsável.

Dentre os principais motivos para a falta de tantos medicamentos está o atraso do envio de insumos pela China, que enfrenta lockdown em algumas regiões do país, e a própria guerra da Rússia contra a Ucrânia tem colaborado nessa questão.


Conquista, Destaques, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: Atenção! Comunicado importante da Prefeitura

A vacinação contra Influenza prossegue de segunda (8) até sexta-feira (13), para as crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas, incluindo pessoas com comorbidades.

Os idosos de 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde ativos que não conseguiram se vacinar na primeira etapa, ainda podem se vacinar. Basta procurar as unidades de saúde que estão fazendo a vacinação contra Influenza, portando a documentação necessária.

A vacinação acontece das 8h às 12h e das 14h às 16h, nas unidades de saúde Dr. Admário Santos, Panorama, Dr. João Melo Filho (bairro Ibirapuera), CAE II (bairro São Vicente), Dr. Hugo de Castro (bairro Guarani), Nestor Guimarães (bairro Jurema), Recanto das Águas, Conveima e Jardim Valéria I. Na unidade Pedrinhas, a vacinação ocorre somente no turno da manhã, das 8h às 12h.

De acordo com a coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Elane Patrícia Fernandes, os demais grupos incluídos nesta segunda etapa da campanha serão convocados à medida que forem recebidas novas remessas de vacinas para atender toda a demanda.

A campanha de vacinação contra a influenza e a vacinação contra a Covid-19 estão acontecendo ao mesmo tempo e ambas vacinas poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de 12 anos de idade.


Conquista, Destaques, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista – Prefeita Sheila fala sobre pré-candidatura de Marcelo Melo: “Estamos analisando e conversando”

Pela primeira vez a prefeita de Vitória da Conquista, Sheila Lemos, falou sobre a pré-candidatura a deputado estadual do seu assessor especial, Marcelo Melo.

“Estamos analisando e conversando, o nome dele foi muito bem aceito, só acho que está ‘muito em cima’, mas estamos conversando com ele, com ACM Neto, vamos ver se é bom pra ele, se é bom pra Conquista”, disse a prefeita.

Ouça a entrevista onde a gestora fala sobre outros assuntos durante o ato de inauguração do novo ambulatório da Santa Casa de Misericórdia (Hospital São Vicente”:


Conquista, Destaques, Política, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: Hospital São Vicente inaugura novo ambulatório, veja as fotos

 

A Santa Casa de Misericórdia de Vitória da Conquista inaugurou no fim da tarde de hoje (06) o seu novo ambulatório “Dr Francisco Paulo Ribeiro Rocha”, que atenderá aos clientes em novas instalações, com 14 consultórios médicos; 02 salas para realização de teste ergométrico e eletrocardiograma; cerca de 20 especialidades com profissionais médicos de ponta; recepções com profissionais capacitados para um atendimento personalizado; estrutura com acessibilidade e elevador; estacionamento privativo; salas de espera com ambiente climatizado e confortável; agendamentos de consultas e exames através de telefone ou WhatsApp; atendimento informatizado e prontuário eletrônico. Neste novo empreendimento, a instituição aposta em um novo conceito de atendimento ambulatorial, agregando valor aos serviços.

A solenidade contou com a presença da prefeita Sheila Lemos, do presidente da Câmara de Vereadores, Luís Carlos Dudé, o Monsenhor Gerson, que fez a benção, além de diversas autoridades e membros que estão a frente desse importante equipamento.

“A Santa Casa tem sido uma referência em atendimento regional e aprimora a qualidade dos serviços neste novo investimento que vai oferecer um serviço de excelência para os seus clientes”, afirmou o Provedor Abmael Brito, que está há mais de uma década a frente do hospital.

A cerimônia de inauguração teve apresentação musical do cantor e compositor Jânio Arapiranga.


Conquista, Destaques, Política, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



CAROL DOS ANIMAIS DEFENDE A IMPLANTAÇÃO URGENTE DE UM CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES NO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA

A protetora dos animais e pré-candidata a Deputada Estadual, Carol dos animais, defendeu em suas redes sociais a criação emergencial de um Centro de Controle de Zoonoses em Vitória da Conquista. O CCZ é o órgão responsável por impedir a propagação de doenças que podem ser trasmissíveis aos seres humanos pelos animais, tais como a raiva, a leptospirose, a toxoplasmose, a histoplasmose e a leishmaniose. O Centro é responsável também pela vacinação animal e diversas outras formas de vigilância e prevenção.

“É inadmissível que nos dias de hoje, uma prefeitura não enxergue a saúde humana e animal como única! Precisa haver essa correlação para uma saúde pública eficaz. Uma cidade como Conquista, com mais de 340 mil habitantes, já deveria ter um órgão tão importante como
O CCZ.”, defendeu a protetora.

Esse debate e apelo é um assunto que sempre foi pontuado pelo protetor de animais, Marcell Moraes, e que agora ganha força com a cobrança direta da Carol.


Conquista, Destaques, Política, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: Centro de Infusão de Imunobiológicos do Icon facilita, há 12 anos, o tratamento de pacientes com doenças autoimunes

Senior woman sitting in the hospital chair while receiving IV infusion in medicine center

Peça fundamental no tratamento de doenças autoimunes, como artrite reumatóide e a doença de Crohn, o Centro de Infusão de Imunobiológicos é o local onde medicamentos endovenosos, subcutâneos ou intramusculares são administrados em pacientes com este tipo de enfermidade em que o sistema imunológico do corpo ataca células saudáveis. Há 12 anos, funciona em Vitória da Conquista o Centro de Infusão do Icon, que realiza o tratamento de pacientes oriundos de diversas cidades.

Localizado no bairro Recreio, onde funciona o Instituto Conquistense de Oncologia (Icon), o Centro de Infusão tem, à sua disposição, uma equipe capacitada (médicos, enfermeiros, farmacêuticos) e ampla e acolhedora estrutura, permitindo, assim, o tratamento aos pacientes de forma adequada e segura. A coordenadora do Centro de Infusão, a reumatologista Dra. Flávia Ferreira, destaca que o espaço é fundamental para a qualidade de vida dos pacientes que necessitam de medicação, pois evita que ele se desloque para grandes cidades ou precise de internação em hospital apenas para realizar tal procedimento.

Considerada como uma das principais tendências da medicina moderna, a terapia infusional é recomendada para diversas condições clínicas, como detalha a Dra. Flávia: “Podemos citar doenças reumatológicas, como artrite reumatoide, espondiloartrites, espondilite anquilosante, artrite psoriásica ou lúpus eritematoso sistêmico; doenças dermatológicas, como psoríase, hidradenite supurativa; doenças inflamatórias intestinais, como doença de Crohn; e também doenças oftalmológicas (uveíte), neurológicas (esclerose múltipla), psiquiátricas (esquizofrenia) e hematológicas (síndrome hemolítico-urémica e anemias)”.

Esse tipo de tratamento representa um grande benefício para os pacientes, pois, com as aplicações, o organismo absorve a medicação com maior efetividade e tempo de resposta geralmente mais rápido. De acordo com a reumatologista, esses medicamentos “são boas opções para pacientes que não respondem às medicações anteriormente disponíveis, permitindo melhor controle das doenças e prevenção de sequelas”.

Também é importante sublinhar que, aliado ao tratamento, o paciente deve sempre manter hábitos de vida equilibrados e saudáveis, para potencializar os bons resultados da terapia permanente. “A expectativa da comunidade médica é de que, em breve, surjam novos medicamentos, cada vez mais específicos e eficazes, para auxiliar no tratamento das doenças autoimunes”, reforça Dra. Flávia, otimista quanto aos avanços da ciência médica.


Conquista, Destaques, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: Prefeitura divulga novo alerta na cidade

Com o recuo da pandemia da Covid-19 e a retomada do convívio escolar em tempo integral, os vírus da infância voltaram a circular com mais frequência. Neste momento, o risco de dispersão do sarampo está elevado, principalmente, devido às baixas coberturas vacinais de rotina, pois as campanhas foram interrompidas por conta das restrições impostas pela pandemia.

Em Vitória da Conquista, a Vigilância Epidemiológica (Viep) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), registrou, neste ano, 11 casos suspeitos de sarampo, dos quais nove foram descartados e dois ainda estão em investigação laboratorial. Por isso, a Viep emitiu um alerta para as unidades de saúde e tem reforçado a recomendação para que os profissionais de saúde e a população estejam em total alerta para qualquer caso suspeito de doença exantemática febril, relacionadas à erupções na pele.

O sarampo é uma doença altamente contagiosa causada pelo vírus chamado Morbillivirus, que pode ser muito perigosa e letal, principalmente para as crianças. A doença se dissemina pelo ar e a transmissão ocorre de uma pessoa para outra, por meio das secreções do nariz e da boca expelidas ao tossir, respirar, falar ou respirar.

Se a pessoa, independente da idade ou de estar vacinada ou não, apresentar febre e manchas de coloração rósea salientes sobre a pele, acompanhadas de sintomas como tosse, coriza, conjuntivite, pequenos pontos brancos dentro da boca, deve procurar atendimento médico para avaliação clínica e solicitar os exames laboratoriais para diagnóstico.

A única proteção eficaz contra o sarampo é a vacinação, para interromper a cadeia de transmissão do vírus e erradicar a doença. Em 2021, a cobertura vacinal contra a doença no município foi de 63,29%. Neste ano, a cobertura está em 10,71% e o objetivo é melhorar esse percentual com a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo está em curso no município, vacinando todas as crianças de seis meses a menores de seis anos, e profissionais de saúde ativos com até 59 anos.

A vacinação desses dois grupos é indiscriminada, ou seja, todos eles, sem exceção, devem ser vacinados nas unidades de saúde contra o sarampo.


Conquista, Destaques, Política, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: CLÍNICA SAÚDE CENTER CONQUISTA COMPLETA 5 ANOS EM CLIMA DE COMEMORAÇÃO

No mês de maio, a Clínica Saúde Center completa 5 anos de história em nossa cidade, e o clima é de comemoração.

Localizada no Shopping Conquista Sul, a Saúde Center nasceu de um sonho dos seus proprietários, e hoje é considerada referência quando o assunto é atendimento médico em Vitória da Conquista, contando com mais de 50 profissionais, aparelhos modernos de Ultrassonografia, horário de atendimento diferenciado, atendimento humanizado e ampla carta de convênios aceitos, dentre eles: União Médica, Plansul, Vitallis, Camed, Cassi, Porto Seguro Saúde, Plan-Assiste, Pró-social, Life Saúde, entre outros.

Ao nosso blog, Dr. Leandro Dórea (urologista e diretor médico da clínica) agradece: “Queremos agradecer aos nossos pacientes, colaboradores e parceiros por serem nossos amigos, caminharem junto conosco e fazerem parte da nossa história, afinal, ela não seria possível sem vocês. Ao longo dessa jornada, buscamos promover saúde e bem-estar com responsabilidade, confiança e cuidado, prezando sempre por oferecer o que há de melhor aos nossos pacientes, desde atendimento humanizado até a nossa estrutura e equipe de profissionais especializados.”

A Clínica Saúde Center conta com atendimento nas especialidades de Ginecologia, Cardiologia, Urologia, Pediatria, Oftalmologia, Otorrinolaringologia e muito mais, além de funcionar das 7h às 22hrs.

 


Conquista, Destaques, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: Atenção! Comunicado importante do Samu 192

A propósito de queixas pontuais feitas do Samu 192, acerca de eventuais recusas para o transporte de pacientes de um hospital a outro, com o objetivo de realização de exames ou mesmo internação, a coordenação do órgão esclarece que esta não é uma atribuição dserviço móvel de urgência e emergência.

Segundo a coordenadora do Samu 192 regional, Gileaide de Oliveira Santana, o transporte de pacientes entre hospitais só ocorrerá em casos de extrema necessidade. “Apenas se o paciente estiver em risco iminente de morte, estando em um hospital e precisa sair dele para ir a outro que lhe garanta a vida naquele momento. Não é para fazer transporte inter-hospitalar de forma corriqueira”, pontua a coordenadora.

Já o coordenador médico do serviço em Vitória da Conquista, Dr. Sandro Bahia, explica  que o objetivo do serviço é atender, essencialmente, às pessoas que sofrem agravo à saúde em ambiente pré-hospitalar, embora o transporte de pacientes possa ser oferecido, como afirmado por Gileaide, em casos de emergência (risco de morte ou dano gravo à saúde) ou alta complexidade.

Ambos esclarecem que leva-se em consideração que o hospital de origem não tem o recurso adequado de suporte a vida do paciente, dando o mesmo valor nesse caso a uma urgência em via pública.

Essas considerações, segundo o coordenador médico, são norteadas por legislação específica e têm como foco priorizar as urgências pré-hospitalares, situação em que o paciente não tem nenhum suporte médico até que a unidade móvel o atenda.

“Lembro que no caso do transporte inter-hospitalar o paciente já está em ambiente hospitalar, acolhido e sob cuidados médicos, sendo desta unidade a responsabilidade legal sobre ele”, entafiza Sandro Bahia.

Atendimento rigoroso

O Samu 192 já atua em Vitória da Conquista e na região há 18 anos, mesmo com esse tempo, ainda existem pessoas que não conhecem a forma de atuação do serviço. Há registro de reclamações, por exemplo, sobre as perguntas que são feitas pelos médicos quando atendem às ligações.

Segundo Gileaide Santana, trata-se de um procedimento que é seguido de forma rigorosa pelos profissionais que trabalham nesse atendimento, para atender aos protocolos necessários para garantir um bom atendimento à comunidade.

“O médico precisa questionar para verificar se realmente é caso de emergência para definir com acerto o tipo de ambulância ele vai mandar”, diz ela e enfatiza que a natureza do serviço oferecido pela equipe está explicitada na sigla que o define: Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ou seja, isso explica qual a prioridade a ser observada: urgências comprovadas.

“Temos vários protocolos para ser seguidos. A pessoa liga para cá, o médico faz os questionamentos e existe uma classificação de riscos, do mesmo jeito que existe na porta dos hospitais, onde a pessoa chega, passa por uma classificação de riscos, se é verde, amarelo ou vermelho.

E a depender dessa classificação de riscos é que é priorizado ou não o atendimento”, explica a coordenadora. O atendimento, caso seja necessário, de acordo com os questionamentos constantes do protocolo, é oferecido antes que o paciente chegue ao hospital – e o transporte do paciente até a unidade hospitalar obedece à mesma lógica.

“Nós classificamos se é para mandar o carro ou não. Se não for, o médico orienta a pessoa que ligou a procurar a unidade de saúde por meios próprios. Temos de nos orientar pela urgência. É naquele momento. Se precisar, a ambulância vai e faz o atendimento pré-hospitalar ou não. Se não é o caso de um atendimento hospitalar de urgência, o médico já orienta para onde a pessoa deve ser enviada”, esclarece Gileaide.

Estrutura de atendimento

A equipe dispõe de quatro Unidades de Suporte Básico (USB), cada uma com um condutor socorrista e um técnico de enfermagem, e uma Unidade de Suporte Avançado (USA), na qual, além do condutor e do técnico, há um médico e um enfermeiro. Conta ainda com uma motocicleta – a chamada motolância, que também realiza atendimentos de urgência e emergência.

Além desse suporte próprio, a central de atendimento do Samu 192 coordena as sete ambulâncias que a Prefeitura mantém na zona rural, a fim de atender à comunidade.

Desde 2011, o serviço mantém estrutura regionalizada, sendo responsável por prestar cobertura a outras 11 cidades vizinhas: Itororó, Macarani, Presidente Jânio Quadros, Belo Campo, Poções, Cândido Sales, Itambé, Anagé, Maetinga, Itapetinga e Condeúba, além de toda a área de Vitória da Conquista. Esses municípios, chamados de bases descentralizadas, possuem ambulâncias e atendem também a outros municípios.

O serviço conta com 27 teleatendentes, 37 médicos, 40 condutores, 35 técnicos de enfermagem, seis enfermeiros, três servidores dedicados aos serviços gerais e dois agentes administrativos, formando assim uma equipe de 150 servidores. Justamente por isso é que existem os protocolos, para fazer a triagem necessária para equilibrar as necessidades de atendimento com a estrutura existente.

Números

Entre os meses de janeiro e abril, o Samu 192 recebeu 497 ligações que resultaram no envio da USA. No mesmo período, a USB atendeu a 4.405 chamados. A motolância se deslocou até o local do chamado em 78 oportunidades. Esses são os números que resultaram em atendimentos propriamente ditos.

Mas, sem considerar a triagem, a central de atendimento recebeu um total de 51.160 ligações – das quais, infelizmente, nada menos que 1.598 eram trotes. Nesses trotes, a triagem foi capaz de detectar que eram ligações falsas na grande maioria dos casos. Mas, em muitos sete deles, porém, a mentira é contada de tal forma que a equipe se desloca até o local informado nas ligações para só então verificar que não havia nenhuma urgência.


Conquista, Destaques, Política, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: Clínica-Escola de Odontologia da UNINASSAU oferece diversos serviços a população, confira os detalhes

 

Inaugurada desde o início desse ano, a Clínica-Escola da de Odontologia da UNINASSAU oferece diversos serviços a população de Vitória da Conquista.

Em uma localização estratégica, na Avenida Siqueira Campos, o espaço possui uma infraestrutura diferenciada proporcionando aos alunos aliar a teoria com a prática.

Todos os detalhes desse equipamento você confere na entrevista abaixo com a coordenação da clínica.

Ouça no podcast do Blog do Rodrigo Ferraz:


Conquista, Destaques, Educação, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Perigo na região de Conquista!

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia (Divep/Sesab) está em alerta para situação epidêmica de dengue e chinkungunya nas macrorregiões de saúde Sudoeste e Norte. Foram notificados 24.500 casos das três arboviroses urbanas em todo o estado: dengue, chinkungunya e zika. Só de dengue, foram 14.732 casos, registrados em 271 municípios, com 4 óbitos confirmados e 12 em investigação, nos quatro primeiros meses deste ano. Aqui na região alguns municípios chamam atenção pelos dados, como é o caso de Urandi e Caatiba.

Quando a análise dos dados partem para à chikungunya, no mesmo período, foram notificados 9.290 casos, um incremento de 19,6% em relação às notificações  do mesmo período do ano passado. No total, 193 municípios notificaram casos, 49 deles com uma incidência de 100 casos para cada 100 mil habitantes. Os municípios das regiões de Itapetinga, Guanambi, Brumado e Caetité são os que registraram os maiores índices para esta arbovirose na região Sudoeste. Mas não houve registro de óbito.

Nos 10 municípios categorizados como de alto e altíssimo risco para as três arboviroses, a Sesab já autorizou a liberação do inseticida e UBV pesado, bem como tem providenciado manter o abastecimento de inseticidas nos núcleos regionais.


Destaques, Saúde, Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)