Funcionários terceirizados da Uesb de Conquista realizam protesto

DSC_0075

Na manhã de hoje (quarta-feira) funcionários terceirizados da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Vitória da Conquista, paralisaram as atividades e realizaram protesto em frente a instituição.

A categoria fechou o portão principal da Uesb e impediu que alunos e servidores pudessem entrar na localidade.

Dos cerca de 200 terceirizados da instituição, envolvendo os três campi, 50 não recebem salário há dois meses, segundo a categoria, e outros com um mês de atraso.

DSC_0077

Após o início da manifestação, representantes da empresa e uma comissão de funcionários se reuniram com a diretoria da Uesb para que possam chegar a um consenso e retomar as atividades.

DSC_0083


Economia, Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)