RECUPERAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL DOS IMBORÉS: UMA CONQUISTA DA AINVIC PARA A INDÚSTRIA CONQUISTENSE

Com grande satisfação o setor industrial de Vitória da Conquista recebeu a publicação da licitação do Governo da Bahia para pavimentação e recuperação do Centro Industrial dos Imborés. Uma obra de grande importância para a cidade e fundamental para o desenvolvimento do setor.

Segundo Antônio Cabral, presidente da Associação das Indústrias de Vitória da Conquista- AINVIC, a confirmação desta obra é um fator de motivação para os industriais que atuam no Distrito dos Imborés que há muitos anos enfrentam as dificuldades de uma estrutura antiga que dificulta a operação das suas empresas. “As condições atuais da pavimentação e estrutura interna do nosso Distrito consideramos como um dos fatores limitantes para investimentos das empresas que estão instaladas e atração de novas indústrias. Motivo pelo qual desde o meados do ano de 2021, juntamente com a nossa diretoria, apresentamos ao Governo da Bahia um planejamento estratégico com ações voltadas para superarmos todos os desafios que limitam o fortalecimento e crescimento industrial em Vitória da Conquista. Hoje, comemoramos esta primeira e imprescindível vitória do nosso trabalho”, registra.

Esta obra contempla a pavimentação e recuperação de toda área interna do distrito industrial com extensão de14,8 Km. Sobre a sua importância, Antônio Cabral, destaca também que a mesma proporcionará uma adequação das áreas de circulação garantindo mais segurança para todos que circulam pelo local, uma melhor condição de asfalto adequada à novas necessidades das operações logísticas para escoamento de produção e um acesso mais ordenado à BR 116. “A ausência de uma pavimentação e estrutura adequada às necessidades de hoje proporciona muitos prejuízos para quem opera nestes locais e afasta novos investidores. Assim, esta obra ao ser concluída se tornará mais um fator positivo para novos investimentos o que é fundamental para geração de emprego e renda para nossa cidade e região”, complementa.

Antônio Cabral, destaca ainda que a AINVIC se mantém ativa na defesa e fortalecimento da atividade industrial de Vitória da Conquista e região. “Entendemos que juntos somos mais fortes e praticamos o associativismo voltado para promover o bem-estar da coletividade e na defesa dos interesses do setor
industrial de Vitória da Conquista e da Bahia. Buscamos viabilizar parcerias com todas instituições que visam o bem comum”. Hoje, em nome da AINVIC, registro os nossos agradecimentos ao Governador Rui Costa, que desde o primeiro momento se comprometeu em contribuir para que nossos projetos em prol da indústria fossem tratados com celeridade. Também nossos agradecimentos ao prefeito de Belo Campo, Quinho, que defende a importância da indústria não somente para Vitória da Conquista mas também para toda a região e esteve ao nosso lado nas tratativas com o Governo do Estado”, conclui.

Sobre novos projetos para acabar com outros gargalos que limitam o desenvolvimento industrial, Antônio Cabral acrescenta que a AINVIC está atuando fortemente para buscar a resolução dos mesmos.

“Temos uma grande dificuldade a ser superada prioritariamente que é o grave e histórico problema do trevo do acesso ao Distrito dos Imborés que não apenas limita o desenvolvimento das industrias, mas se tornou um instrumento que tem retirado a vida de muitas pessoas e até já recebeu a triste alcunha de “guilhotina da morte”. Visando a resolução do mesmo a AINVIC investiu na elaboração de um moderno projeto de engenharia para construção do novo acesso ao distrito e agora estamos realizando os trâmites necessários para que o mesmo seja implementado. Diante da grande importância deste novo projeto, convido a todos representantes, municipais, estaduais e federais a estarem ao nosso lado para acabar com este erro histórico que a todos entristece. Estamos otimistas para que em um curto espaço de tempo possamos anunciar mais esta vitória da nossa associação para Vitória da Conquista”, registra



Bahia, Conquista, Destaques, Economia, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *