União Brasil oficializa ACM Neto como candidato ao Governo da Bahia em coligação que conta com 13 partidos

_Empresária Ana Coelho, do Republicanos, será candidata a vice-governadora; deputado federal Cacá Leão, do PP, será o candidato ao Senado_

O União Brasil oficializou em convenção na manhã desta sexta-feira (5) o nome de ACM Neto para disputar o Governo da Bahia nas eleições de outubro deste ano. O ex-prefeito de Salvador por oito anos terá ao seu lado como candidata a vice-governadora Ana Coelho, empresária filiada ao Republicanos. O deputado federal Cacá Leão, do Progressistas (PP), também foi oficializado como candidato ao Senado pela chapa.

A convenção realizada no Centro de Convenções de Salvador, no bairro da Boca do Rio, contou com outros 12 partidos que se juntaram à candidatura de ACM Neto, formando uma das maiores coligações de oposição da história das eleições baianas. Além do União Brasil, compõem a chapa as legendas PP, Republicanos, PSDB, PDT, PSC, Solidariedade, Cidadania, Podemos, PRTB, PTB, DC e PMN.

Em seu discurso, Neto destacou que a palavra que resume a sua campanha é mudança: “Com cada vez mais intensidade eu ouço as pessoas dos quatro cantos do estado as pessoas, com coragem, levantarem a sua voz e dizerem: ‘Neto, nós queremos mudança’. Toda mudança vem do coração. A mudança nasce da esperança. E as baianas e baianos nunca, em momento algum, perderam a esperança. Mesmo quando as situações são tão difíceis, a gente não perde a esperança”, disse.

“Porém, também, toda mudança vem da busca incessante pela realização dos nossos sonhos. Em dezembro, quando apresentei a minha pré-candidatura ao governo do estado, nesse mesmo Centro de Convenções, a minha primeira pergunta ao público foi: qual é o tamanho do seu sonho? Muitos meses se passaram desde então, nós percorremos quase 200 municípios. Eu ouvi muita gente, conversei com os baianos que vivem em cada cantinho desse enorme estado. E posso dizer hoje que os baianos já decidiram que querem essa mudança, porque os baianos sabem bem qual é o tamanho dos seus sonhos”, completou.

O agora candidato está percorrendo a Bahia desde janeiro de 2021, quando transmitiu a prefeitura para Bruno Reis, também do União Brasil, eleito em 2020 no primeiro turno com 64,20% dos votos, maior percentual entre todas as capitais brasileiras. Desde então, Neto já visitou 197 cidades diferentes do interior do estado. Seu objetivo é passar das 300 até as eleições de outubro.

ACM Neto foi eleito deputado federal pela primeira vez em 2002, aos 23 anos, sendo o mais votado da Bahia. Exerceu três mandatos na Câmara, reconhecido sempre como um dos parlamentares mais atuantes no Congresso. Em 2012, foi eleito prefeito de Salvador aos 33 anos. Foi reeleito em 2016 com 74% dos votos, um dos percentuais mais altos entre as capitais do Brasil. Foi considerado o melhor prefeito do país em todos os seus oito anos à frente da capital baiana.

“Nós vivemos há 16 anos sob o comando do mesmo grupo político. Há 16 anos, são as mesmas pessoas que nos governam e eles tiveram muitas chances de mostrar trabalho. No fundo, o que os baianos precisam avaliar é se não está na hora de acreditar em algo novo, em algo diferente. E o que eu tenho de diferente deles? O que tenho de diferente é que eu nunca em minha vida me contentei em ser o segundo lugar em nada, eu sempre trabalhei para ser o primeiro colocado em tudo. E infelizmente, hoje, a Bahia é o primeiro lugar por exemplo na violência, onde deveria ser o último, e o último lugar na educação, onde deveria ser o primeiro”, discursou.

Ao seu lado, ACM Neto terá a empresária Ana Coelho, do Republicanos. Primeira mulher a assumir a presidência da Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP), é também vice-presidente da Associação Comercial da Bahia (ACB) e fundadora da Associação de Jovens Empreendedores da Bahia (AJE). Mãe de três filhos, é CEO do Grupo Aratu de Comunicação, afiliada ao SBT na Bahia que completou 50 anos em 2019. Publicitária, tem MBA em Gestão Empresarial pela FGV e é especialista em liderança pela Stanford Business School.

Em discurso, Ana Coelho explicou porque aceitou o convite. “Sou empresária e liderei diversas ações de empreendedorismo. Não paro de estudar e trabalhar nunca e eu sei o que é ter que se desdobrar para mostrar mais competência do que os homens ao meu redor. Sou movida por desafios e faço parte de uma família em que sempre fui incentivada para ocupar os espaços que eu quisesse. E foi isso que eu sempre fiz. Em todas as ações que liderei, deixei um legado e essa vontade de fazer diferença é o que me motiva a vir aqui como candidata”, disse.

“Não tenho dúvidas de que, se as baianas e os baianos acreditarem, ACM Neto será o melhor governador da Bahia de todos os tempos. Estar aqui é um desafio que me enche de entusiasmo. O convite foi uma convocação e estou aqui para representar todas as mulheres. Quando você, Neto, for eleito governador, eu serei a primeira vice-governadora da história do nosso estado”, completou.

O candidato ao Senado da chapa é o deputado federal Cacá Leão, do Progressistas. Ele já foi escolhido por oito vezes como um dos 100 parlamentares mais influentes do país e trouxe para a Bahia quase R$ 1 bilhão em investimentos para áreas diversas. Cacá, que é filho do vice-governador da Bahia João Leão (PP), foi eleito deputado estadual em 2010. Em 2014, foi eleito deputado federal e tornou-se o único parlamentar de primeiro mandato que conseguiu ser relator do Orçamento da União, principal relatoria do Congresso. Em 2018, foi reeleito e ainda ocupou a relatoria da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a liderança da bancada do seu partido na Câmara dos Deputados.

Em seu discurso, Cacá Leão destacou a juventude da chapa. Neto tem 43 anos, Cacá tem 42 e Ana, 40. “Temos praticamente a mesma idade, somos da mesma geração e nascemos na democracia. Nós acreditamos e defendemos essa democracia com unhas e dentes. E é por meio da democracia que vamos ganhar essa eleição e vamos mudar a história da Bahia, é pelos baianos e pelas baianas que estamos aqui”, disse.

“Cheguei na política ainda muito cedo, me elegi deputado estadual e quatro anos depois me levaram para Brasília numa eleição onde fui um dos deputados mais votados de todo o estado. Cheguei a Brasília e procurei fazer o meu papel de deputado federal da melhor forma. Sempre procurei ser um dos deputados mais presentes nas discussões tão importantes para o futuro do nosso país. Hoje, tenho orgulho de dizer que conheço todos os caminhos do Congresso e estou pronto para ser o próximo senador das baianas e dos baianos”, completou Cacá.



Bahia, Destaques, Política

Comentário(s)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.