comercial ramos


Natural de Itapetinga, desde a minha adolescência pensei em trabalhar na área de comunicação. No ano de 2010 me formei em jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), sempre atuando na área, através de sites, rádio, jornal impresso e assessorias de comunicação.

+ | Saiba mais
setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

cambui


Confira como foi a última noite do Festival de Inverno Bahia

Foto: Laécio Lacerda

Foto: Laécio Lacerda

Sertanejo e rock foram os ritmos que deram o tom do último dia do Festival de Inverno neste domingo (31). A festa, que está na 10ª edição, foi realizada no Parque Teopompo de Almeida, na cidade de Vitória da Conquista.

A banda carioca Paralamas do Sucesso começou a festa no palco principal. Em seguida, foi a vez do Capital Inicial. Já era início de madrugada quando o sertanejo Luan Santana subiu ao palco para delírio dos fãs para encerrar o evento.

Os Paralamas fizeram um show cheio de sucessos e levantaram o público do Festival de Inverno. As clássicas canções românticas do grupo, como “Cuide bem do seu amor”, fizeram parte do repertório e deram “acalmada” na galera, mas por pouco tempo. Foi um sucesso atrás do outro e o público fez coro. A banda começou a apresentação com nada menos que “Alagados” e levou o público à loucura. “Cinema Mudo”, “Novidade”, parceria com Gilberto Gil, e “Lourinha Bombril”, por exemplo, também animaram o público.

Paralamas do Sucesso do Festival de Inverno Bahia (Foto: Laécio Lacerda/ divulgação)

Paralamas do Sucesso do Festival de Inverno Bahia (Foto: Laécio Lacerda/ divulgação)

Em turnê de comemoração dos 30 anos da banda, Hebert Vianna lembrou de canções que tiveram “um pouco da Bahia” nas composições. Foi assim quando ele anunciou “Lanterna dos Afogados”, música que retrata história do Cais do Porto, narrada por Jorge Amado no livro Jubiabá.

“Uma outra canção que tem tando a ver na Bahia. O nome de um bar em um livro de Jorge Amado. Quando li, fiquei tão encantado que tive que escrever a respeito”. (Assista ao um trecho da música no vídeo acima). Para encerrar, Os Paralamas foram de “Que país é esse” e fez o público vibrar muito com o fim do show em grande estilo.

O Capital Inicial fez um show eletrizante no Parque Teopompo de Almeida. Pela quarta vez no evento, o grupo relembrou clássicos e fez o público vibrar com canções como “Primeiros erros” e “Natasha”. A banda lança novo CD nesta semana e cantou a música nova “Como se sente”.

Dinho Ouro Preto comandou a festa

Dinho Ouro Preto comandou a festa

A banda manteve o ritmo quente do rock ‘n’ roll deixado pelo grupo Os Paralamas do Sucesso. Em retribuição, o público aplaudiu, cantou e pulou com “Algum Dia”, “Não olhe pra trás”, “Independência”, “Eu nunca disse adeus”, “Depois da meia noite”, “Respirar Você” e  “Independência”. Canções como “Veraneio Vascaína” e “Música Urbana”, da banda Aborto Elétrico, também estiveram no repertório.

 

Depois do show, como é tradição, Dinho seguiu com a banda do Capita Inicial para uma festa no camarim do evento.

O cantor sertanejo Luan Santana fechou a noite e enlouqueceu as fãs. Muitas chegaram bem cedo para ficar em um lugar privilegiado, mais perto do palco, e de lá não saíram até o final da apresentação. RELEMBRE OS MOMENTOS.

O sertanejo fez um show bastante eclético e cantou os grandes sucessos da carreira, como “Meteoro da Paixão”, “Amar não é pecado” e “Te vivo”, como também o novo hit “Donzela”, que foi acompanhado em coro pelo público.

Essa foi a estreia de Luan Santana no Festival de Inverno. Muito animado, o artista embalou o público com uma música de axé, “Praiero”, sucesso da banda Jammil e uma noites. E para fechar a noite, Luan convidou uma fã que estava no público para dançar o sucesso do Psirico, “Lepo Lepo”, no palco. Agarradinhos, os dois deram show no palco e se divertiram. Fonte: G1

‘Veterano’, Capital embala com hits e faz público levantar poeira no Festival de Inverno Bahia


atlanta

Dinho Ouro Preto comandou a festa

Dinho Ouro Preto comandou a festa

Capital Inicial chegou agitado com um show repleto de clássicos e com canções novas, que já viraram hit na boca do público. Em sua quarta passagem pelo Festival de Inverno Bahia, Dinho Ouro Preto seguiu a tradição e fez uma apresentação intensa, contagiante, capaz de entusiasmar qualquer pessoa, seja roqueira ou não.

“É uma honra, um prazer estar cantando para vocês. É a quarta vez aqui, somos veteranos. O bicho pega aqui na Bahia como não pega em nenhum outro estado. Vamos fazer um pouco de tudo essa noite”, anunciou Dinho Ouro Preto logo no início do show.

 A banda foi a segunda atração da noite deste domingo (31) e manteve o ritmo quente do rock ‘n’ roll deixado pelo grupo Os Paralamas do Sucesso. Em retribuição, o público aplaudiu, cantou e pulou com “Algum Dia”, “Não olhe pra trás”, “Independência”, “Eu nunca disse adeus”, “Depois da meia noite”, “Respirar Você” e  “Independência”.

“É muito bom ver o Capital Inicial. Um show fantástico, com uma energia muito grande. Assim não tem como parar”, comemorou Tony Bastos, de 54 anos.

:: LEIA MAIS »

Com clássicos e lembrança da Bahia, Paralamas abrem última noite do Festival de Inverno Bahia

tex encomendas

Paralamas do Sucesso do Festival de Inverno Bahia (Foto: Laécio Lacerda/ divulgação)

Paralamas do Sucesso do Festival de Inverno Bahia (Foto: Laécio Lacerda/ divulgação)

Um show inspirado, lúdico e um passeio pelos 30 anos de história de uma banda que fez parte da vida de milhões de pessoas. Com “um pouco da Bahia nas composições”, Os Paralamas do Sucesso fizeram uma apresentação de sucessos e animada em Vitória da Conquista, mesmo com um frio que chegou aos 17º C na noite deste domingo (31), último dia do Festival de Inverno Bahia.

O público estava se concentrando no palco principal quando Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone subiram ao palco e começaram o show por volta das 20h15. Não demorou muito e milhares de pessoas correram para o espaço, a fim de acompanharem de perto a música de abertura, “Alagados”.

Em turnê de comemoração dos 30 anos da banda, Hebert Vianna lembrou de canções que tiveram “um pouco da Bahia” nas composições. Foi assim quando ele anunciou “Lanterna dos Afogados”, música que retrata história do Cais do Porto, narrada por Jorge Amado no livro Jubiabá. “Uma outra canção que tem tando a ver na Bahia. O nome de um bar em um livro de Jorge Amado. Quando li, fiquei tão encantado que tive que escrever a respeito”.

:: LEIA MAIS »

Saiba como foi a Parada Gay de Vitória da Conquista

unopar ead

Por André Thibes – Revista Gambiarra

Foto: Revista Gambiarra

Foto: Revista Gambiarra

Em plenas festividades de carnaval, Danilo Bittencourt alertava: “Entre janeiro de 2008 e abril de 2013, foram 486 mortes [de travestis e transexuais], quatro vezes a mais que no México, segundo país com mais casos registrados” e “ somente em 2013 foram 121 casos de travestis assassinadas em todo o Brasil”. Os dados nos quais o coordenador municipal de Políticas de Promoção da Cidadania e Direitos de LGBT se baseava eram da ONG internacional Transgender Europe e da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA).

Apesar dos alertas que surgem de tempos em tempos, nossa sociedade ainda tem dificuldades em reconhecer os direitos LGBT e a 5ª Parada do Orgulho de ser LGBT precisou mais uma vez gritar na tarde de hoje (31) que “Homofobia mata”.

O tema, quase um grito invasivo, foi pensado por conta dos altos índices de morte ligados a homofobia: “Homofobia Mata”. É uma realidade delicada, estatísticas não são confiáveis, visto que muitos casos acabam nem sendo registrados por conta do próprio preconceito. “Só em Conquista, a gente vê vários casos de homofobia que não são divulgados por causa da família que é homofóbica. A pessoa morre e os pais dizem que é por qualquer outra coisa, menos por homofobia. Nós viemos com esse tema, viemos todos de branco pedindo paz e pedindo axé. É isso que a gente quer, paz, tolerância e respeito”, explicou a Coordenadora do grupo de lésbicas Safo e da Parada do Orgulho de ser LGBT, Rosilene Santana.

Foto: Revista Gambiarra

Foto: Revista Gambiarra

As Paradas do Orgulho de ser LGBT ocorrem em diversas cidades brasileiras, sendo que a primeira ocorreu em São Paulo em 1997 com o tema “Somos muitos, estamos em todas as profissões”. A parada de São Paulo é reconhecida pelo público considerável que comparece. Já aqui em Vitória da Conquista, a primeira Parada LGBT ocorreu no ano de 2010 e desde então, ocorre todos os anos procurando sempre ter discussões e demais atividades que culminem na caminhada de rua em si.

Por isso, este ano, o lançamento começou no dia 29 de agosto, no dia da visibilidade lésbica com o 1º Encontro dos Territórios Baianos de  Lesbianidades e Bissexualidade que contou com a participação de todos os territórios da Bahia, além da representação do estado do Rio Grande do Sul. Rosilene explicou que foi um momento ímpar: “foi um momento de descontração, não foi a mesmíce. Fizemos uma dinâmica muito boa, não tivemos mesas, tivemos rodas de prosa. Todo mundo pôde falar, mesmo pessoas que nunca falaram em público falaram e falaram muito bem”.

:: LEIA MAIS »

Barra do Choça: motorista de Camaro Amarelo se envolve em acidente

parque logistico

O acidente despertou a curiosidade de muitas pessoas. Foto: Blog do Jorge Amorim

O acidente despertou a curiosidade de muitas pessoas. Foto: Blog do Jorge Amorim

Um acidente neste domingo, 31 de agosto, envolvendo um carro de passeio e uma moto chamou a atenção dos moradores de Barra do Choça, distante cerca de 30 km de Vitória da Conquista. Até aí nenhuma novidade, mas, quando o carro envolvido é um Camaro Amarelo, desperta a curiosidade de muitos.

A colisão ocorreu por volta das 11h30, no cruzamento da Avenida Progresso com a Francisco Amorim, na saída para Caatiba. De acordo informações publicadas no Blog do Jorge Amorim, um motociclista acabou colidindo com um luxuoso carro. Apesar do susto, não houve feridos e nem danos materiais. 

Multishow dá início a último dia de transmissão do Festival de Inverno Bahia


atlanta

DSC_0448

Pontualmente às 20h o canal Multishow deu início na noite de hoje (domingo) a transmissão ao vivo do último dia do Festival de Inverno Bahia de Vitória da Conquista.

A primeira banda a se apresentar é Paralamas do Sucesso. Logo depois é a vez de Capital Inicial e o evento encerra a sua décima edição com o cantor Luan Santana.

Essa é a primeira vez que o canal Multishow transmite ao vivo o principal evento musical da região Sudoeste da Bahia. Os shows também podem ser vistos em HD, a depender do receptor do telespectador.

Motociclista morre em acidente no anel viário de Vitória da Conquista

tex encomendas

A colisão aconteceu nas proximidades do Bairro Henriqueta Prates

A colisão aconteceu nas proximidades do Bairro Henriqueta Prates

Um acidente grave foi registrado na noite de hoje (domingo), por volta das 19h. Segundo informações de populares, um motociclista acabou colidindo em um veículo no anel viário de Vitória da Conquista, nas proximidades do Bairro Henriqueta Prates.

moto

O condutor da moto acabou não resistindo a colisão e veio a óbito no local.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica. O nome da vítima não foi revelado.

Conquista: homem toma carro de assalto e leva refém

unopar ead

car -aparecida

Foto: Elite Notícias

Policiais da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar de Conquista prenderam na noite de ontem (sábado), Jeferson Azevedo de Macedo, 18 anos, pela pratica de roubo e sequestro relâmpago.

A vítima estava no bairro Ibirapuera quando foi abordado pelo criminoso, que o levou em seu próprio veículo. A polícia foi acionada por meio do Cicom – Centro Integrado de Comunicação das Policiais, informando sobre o ocorrido. Guarnições foram deslocadas para a região e, minutos depois, o veículo da vítima foi avistado e interceptado no bairro Nossa Senhora Aparecida.

A vítima foi libertada e Jeferson preso em flagrante pela prática criminosa. Com ele os militares encontraram uma pistola de brinquedo. Fonte: Blitz Conquista

Gilberto Gil pede exumação dos restos mortais do corpo do pai, enterrado em Conquista

parque logistico

10482717_813984078641660_5861991237086163858_n

Antes de realizar o seu show no Festival de Inverno Bahia, na última sexta-feira (29), o cantor Gilberto Gil, que viveu boa parte da sua infância e adolescência em Vitória da Conquista, se reuniu com o prefeito da cidade, Guilherme Menezes (PT).

O artista fez um pedido para o gestor: a exumação dos restos mortais do corpo do seu pai, enterrado em Conquista.

O cantor tem o desejo de que todos os familiares fiquem sepultados no mesmo local, em um cemitério da capital baiana. A conversa foi bem amistosa. Na oportunidade, Gil foi assediado por membros do governo municipal, demonstrando simpatia com todos.

Conquista: jovem de 21 anos é baleado no Henriqueta Prates


atlanta

Foto: Blitz Conquista

Foto: Blitz Conquista

48 horas após a morte de dois jovens no bairro Henriqueta Prates, em Vitória da Conquista, mais uma pessoa foi baleada no bairro. O fato ocorreu na noite deste sábado, 30, e vitimou o jovem Bruno Brito Dias de 21 anos.

Ele estava em um bar quando um homem armado teria se aproximado e efetuado três disparos, um deles atingiu a vítima no peito. O atirador, durante a fuga, teria pulado o muro de uma residência próxima.

Bruno foi socorrido pelo Samu 192. No local ele foi entubado e estabilizado, em seguida foi encaminhado para o Hospital de Base, onde seguiu para o Centro Cirúrgico. Com informações do Blitz Conquista

Eleições 2014: adversários históricos sobem no palanque de Paulo Souto e Geddel em Itapetinga

tex encomendas

Foto: Valter Pontes

Foto: Valter Pontes

Depois de percorrer sete municípios em carreata, a odisséia dos candidatos Paulo Souto, governador, Joaci Góes, vice, e Geddel Vieira Lima, candidato a senador, pelo Sudoeste Baiano culminou num comício em Itapetinga, na noite de ontem (30). Pela primeira vez os adversários políticos José Otávio (DEM) e Michel Hage (PMDB), ex-prefeitos da cidade, subiram no mesmo palanque. E foi para apoiar a chapa da coligação “Unidos pela Bahia”.

“Não temos que olhar para questões pessoais neste momento em que a Bahia pede a nossa união em torno de Paulo Souto e Geddel para a construção de um futuro melhor”, afirmou Michel Hage. “Se antes nos digladiávamos politicamente pelo bem de Itapetinga, hoje estamos selando um acordo pela volta do desenvolvimento de nosso estado, que parou nos últimos tempos do PT”, reiterou José Otávio.

A grande obra de Paulo Souto, a implantação do Polo Calçadista que gerou mais de 20 mil empregos na região, foi destacada pelos ex-prefeitos, que lamentaram a situação atual. “Hoje, com o PT no governo, as fábricas estão fechando e a cada dia diminuem os postos de trabalho, que já não chegam a cinco mil com demissões frequentes”, observou Michel Hage. “Paulo Souto é o governador que precisamos para reverter esta triste situação de desemprego e violência que nos foi legada por Jaques Wagner”, disse José Otávio.

:: LEIA MAIS »

Saiba como foi a segunda noite do Festival de Inverno Bahia

unopar ead

Foto: Laécio Lacerda

Foto: Laécio Lacerda

O público “bateu cabeça”, dançou reggae e pulou ao som de CPM 22, Natiruts e Vanessa da Mata, as três atrações do palco principal nesta segunda noite do Festival de Inverno de Vitória da Conquista, na Bahia. Com shows repletos de sucessos autorais e clássicos da música brasileira, os artistas trouxeram uma mistura de sons que passou do samba ao ritmo paraense do carimbó, a homenagens e críticas ao racismo e ao preconceito. Uma noite para marcar esta 10ª edição da festa que termina neste domingo (31).

Um show para pular, cantar e se emocionar. A banda CPM 22 estreou no festival com muito “bate cabeça”, rock ‘n’ roll e homenagem do público à banda Charlie Brown Júnior.

Para o palco, a banda trouxe os maiores sucessos dos seis discos produzidos ao longo de 13 anos de carreira. Entre as canções que viraram hit na voz de Badauí e foram coro na voz do público estavam “Um minuto para o fim do mundo”, “Regina Let’s Go”, ‘Dias Atrás’ e “O Mundo Dá Voltas”.

Foto: Laécio Lacerda

Foto: Laécio Lacerda

Durante a apresentação, parte do público aplaudiu e gritou “Charlie Brown Jr.” para o  baixista Heitor Gomes, que fez parte do grupo por oito anos. “Uma grande honra ter feito parte da banda”, disse o músico.

“Várias bandas que tocam aqui são amigas nossas: Natiruts, Capital, Skank, Paralamas. A gente faz um som mais pesado, com guitarra distorcida. Mas a gente não alivia, não, a gente coloca no repertório as músicas que a gente sabe que a galera vai cantar”, falou o baterista Japinha, sobre o repertório de sucessos escolhido para a noite.

Foto: Laécio Lacerda

Foto: Laécio Lacerda

Natiruts

Além de um show, uma mensagem de paz. Com o público lotando todos os espaços do evento, a banda Natiruts encantou e pregou contra o racismo. O cantor Alexandre Carlo lembrou do episódio envolvendo o goleiro Aranha, do Santos, e pediu ao público energia positiva para o atleta e também para a jovem Patrícia Moreira, flagrada enquanto gritava “macaco” em direção ao jogador.

“Nesses tempos de racismo, preconceito, a gente precisa botar na cabeça que a autoestima é a melhor saída para resolver nossos problemas. A partir do momento que a gente souber que somos todos iguais, vamos nos sobressair em determinada situação. Essa rapaziada que usa desse artifício vai conseguir chegar muito mais longe. Parabéns ao goleiro do Santos, o Aranha, que segurou a onda”, disse Alexandre.

:: LEIA MAIS »

Natiruts prega contra racismo e encanta público em show lotado no Festival de Inverno Bahia

parque logistico

Foto: Laécio Lacerda

Foto: Laécio Lacerda

Para além de um show, uma mensagem de paz. Com o público lotando todos os espaços do Festival de Inverno, em Vitória da Conquista, a banda Natiruts cantou, encantou e pregou contra o racismo. O cantor Alexandre Carlo lembrou do episódio envolvendo o goleiro Aranha, do Santos, e pediu ao público energia positiva para o atleta e também para Patrícia Moreira, flagrada gritando “macaco” em direção ao jogador.

“Nesses tempos de racismo, preconceito, a gente precisa botar na cabeça que a autoestima é a melhor saída para resolver nossos problemas. A partir do momento que a gente souber que somos todos iguais, vamos nos sobressair em determinada situação. Essa rapatiziada que usa desse artifício vai conseguir chegar muito mais longe. Parabéns ao goleiro do Santos, um dos maiores times do Brasil, o Aranha, que segurou a onda, ganhou o jogo e ficou em casa com a família dele e tudo certo, que ele continuou a carreira dele”, disse o cantor.

“Uma salva de palmas para o Aranha. Vamos mandar energia positiva também para a menina, que não merece ser tão execrada, apesar de merecer a punição”, completou o cantor.

Durante o show só dava mesmo para cantar. Andar e dançar, dificilmente. Com o público lotando todo o espaço, Natiruts não decepcionou e animou os fãs, que nem tiveram tempo de se importar com o grande número de pessoas. “Sou suspeito para falar deles porque sou muito fã. Já vim para umas cinco edições e esse show de hoje é o que tem mais gente. Muito bom”, comemorou Ricardo Andrade.

Para prender a atenção das milhares de pessoas presentes no festival não faltaram sucessos. Estes, foram cantados em uma só voz com o público. “Quero Ser Feliz Também”, “Deixa o Menino Jogar”, “Dentro da Música”, “O Carcará e a Rosa” e “Leve com Você” foram algumas das canções lembradas no repertório.

“É uma satisfação enorme poder estar aqui, compartilhar a música com vocês, dividir esse espaço no festival que reúne tantos artistas. Quem está na vibe positiva levanta a mão”, agradeceu o cantor Alexandre Carlo. Antes do encerramento do show, um grande encontro entre o vocalista do Natiruts e Badauí, da banda CPM 22. O público foi ao delírio e retribui cantando à capela.

Com 16 anos de estrada, esta foi a segunda participação do Natiruts no Festival de Inverno Bahia. Fonte: G1

Empresário conquistense morre em acidente na BR-116


atlanta

'Galego do Ferro Velho' era um dos principais integrantes do Clube do Jeep de Conquista

‘Galego do Ferro Velho’ era um dos principais integrantes do Clube do Jeep de Conquista

No último sábado (30) foi registrado um acidente na BR-116 que acabou na morte do empresário conquistense Geraldo Afonso Ferreira, de 55 anos.

A vítima, que tinha uma oficina na Avenida Integração, era um dos principais integrantes do Clube do Jeep na capital do Sudoeste baiano.

O acidente aconteceu próximo a cidade de Cândido Sales. ‘Galego do Ferro Velho’, como era conhecido pelos amigos, estava conduzindo um Toyota Bandeirante, quando colidiu com uma carreta. O corpo do empresário ficou carbonizado.

O corpo será velado na Igreja Pentecostal Deus é Amor, localizado na rua Néstor Guimarães, Jurema.

Eleições 2014: Aécio Neves deve visitar Conquista no mês de setembro

tex encomendas

DSC_0369

Ticolô organiza visita de Aécio na capital do Sudoeste baiano

Após socialistas anunciarem a visita da presidenciável Marina Silva à Conquista no próximo dia 05 de setembro, outro candidato à presidência deverá aparecer na capital do Sudoeste baiano nos próximos dias.

Segundo o tucano Claudionor Dutra, mais conhecido como Ticolô, candidato a deputado estadual, o ex-senador Aécio Neves deverá cumprir agenda em Conquista no mês de setembro.

“A gente tem mantido contato com a assessoria de Aécio em Brasília e muito provavelmente ele estará conosco nos próximos dias para que a população possa conhecer de perto as propostas de Aécio”, disse Ticolô.



kia coreana


blog do marcelo

eu vejo flores em voce


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia