Deputado Fabrício faz balanço do mandato nas rádios Brasil FM e Transamérica

O deputado estadual Jean Fabrício (PC do B) concedeu entrevistas as rádios de Vitória da Conquista, Brasil FM e Transamérica, respectivamente nos programas Conquista Meio Dia e Transnotícias. Durante as conversas, o parlamentar aproveitou para fazer um balanço do seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa da Bahia. “Especialmente para a nossa cidade temos algumas conquistas, … Leia Mais


Entrevistas, Política, Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)




Blog do Rodrigo Ferraz entrevista Murilo Gun: ‘Não gosto de ter essa obrigação de ser engraçado toda hora’

Um dos principais nomes do stand up comedy do país, Murilo Gun, esteve em Vitória da Conquista nesta sexta-feira (08) para realizar três palestras show para os estudantes da Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR). Logo após a maratona, o comediante recebeu a nossa reportagem para um bate papo super bacana sobre a sua carreira e … Leia Mais


Bahia, Brasil, Educação, Entrevistas, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Eleições 2014: ‘Não temos pressa em decidir com quem vamos marchar’, diz presidente estadual do PV

O prefeito de Licínio de Almeida, no Sudoeste do Estado, e presidente do Partido Verde na Bahia, Alan Lacerda, foi o entrevistado do programa Conquista Meio Dia da Rádio Brasil FM nesta sexta-feira (07). O gestor falou sobre os rumos que o PV poderá tomar nas eleições de 2014. “Não temos pressa em decidir com quem … Leia Mais


Bahia, Entrevistas, Política, Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)




Vice-prefeito de Livramento quer apoio de Guilherme para chegar à Assembleia Legislativa

colegio opcao

DSC_0435

Ele já foi diretor do Hospital de Base de Vitória da Conquista e atualmente é vice-prefeito do município de Livramento de Nossa Senhora, no Sudoeste do Estado. Gerardo Júnior, do PT, está prestes a encarar um novo desafio: tentar uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia. O petista já tem buscado articular a sua pré-candidatura a deputado estadual e busca apoios na terceira maior cidade da Bahia.

De passagem por Conquista nesta terça-feira (04) Júnior concedeu uma extensa entrevista para a reportagem do Blog do Rodrigo Ferraz.

O vice-prefeito de Livramento falou sobre como tem fortalecido a sua pré-candidatura e tece elogios ao prefeito de Conquista, Guilherme Menezes, com quem goza de grande amizade e espera o apoio do gestor.

DSC_0433

Ainda na conversa Júnior fala da situação no mínimo inusitada que ele passa em Livramento. Apesar de ser vice-prefeito, o petista revela que não tem tido participação nenhuma na gestão do prefeito Paulo Azevedo (PRP).

Ouça a entrevista na íntegra:


Entrevistas, Política, Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Governador Jaques Wagner fala de planos para 2014 e avalia gestão: ‘2013 foi o ano mais difícil’

wager

Faltou dinheiro e chuva para que Jaques Wagner terminasse 2013 com sorrisos. A seca e o déficit no caixa transformaram-se no peso maior do penúltimo ano do governador à frente do estado. Por outro lado, em 2014, Wagner diz que deseja sorrir com o desenvolvimento das obras de mobilidade na capital e com o Porto Sul, que promete movimentar a economia portuária baiana e a região cacaueira.

Wagner almeja ainda dar risadas com a reeleição de Dilma Rousseff à Presidência e de seu secretário Rui Costa para seu lugar. Para isso, fez até pedidos ao Senhor do Bonfim e tem conversado bastante com Costa. “Ele não precisa ser o advogado do meu governo na campanha”, diz. Ontem, ele recebeu no seu gabinete, no CAB, os editores do Correio Jairo Costa Júnior e Jorge Gauthier para uma conversa sobre a reta final de seu governo. Em 1 hora e 15 minutos de entrevista regada a água sem gás e chá de hortelã – seu preferido – considerou que em 2014 terá um ano atípico, em função dos eventos esportivos, culturais e das eleições. Por conta disso, promete seguir com projetos já iniciados. “Estamos trabalhando. Não podemos deixar o café esfriar”.

Leia a entrevista na íntegra do Governador concedida ao jornal Correio da Bahia:

Em janeiro, começa seu oitavo ano de mandato. É possível criar novos grandes projetos nesse último período?
Acho que o oitavo ano é atípico, porque em função do processo eleitoral há limitações. É um ano mais curto, tem Copa, Carnaval, festas populares e eleição. Depois de outubro, seja qual for o resultado, tem que fazer o processo de transição. Não existe nenhum sentido criar programa novo, a não ser que seja  emergencial.

O que é possível fazer?
Tem que fazer rodar aquilo que já está planejado, programado. Mesmo agora que alguns (secretários) saem para ser candidatos, tem que ser dada uma continuidade.

DSC03313

Quais projetos terão continuidade este ano?
Em 2014, se você não correr no começo não faz mais nada.  Vamos publicar a licitação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) do Subúrbio, de Lobato a Pirajá, em janeiro. Amanhã (hoje) sai o edital de licitação das  avenidas 29 de Março e Gal Costa. Dia 6 de janeiro vamos assinar o projeto do Porto Sul (em Ilhéus) e, logo em seguida, será aberta a licitação.  Estamos trabalhando. Não podemos deixar o café esfriar.

(mais…)


Bahia, Entrevistas, Política

Comentário(s)



Entrevista: “O Natal da Cidade é um patrimônio de Vitória da Conquista”, diz secretário municipal de cultura

unnamedAilton Fernandes – Conversa de Balcão

DSC_0365

Estamos no início da décima sétima edição do Natal da Cidade, evento promovido pela prefeitura de Vitória da Conquista. Para aproveitar o momento, secretário municipal de cultura, Gildelson Felício, recebeu o Conversa de Balcão para falar sobre o evento. Gildelson está à frente da pasta desde 2005, mas ele começou a militar pela cultura quando atuava dentro do movimento estudantil, na década de 1980. Na entrevista, ele ainda fala sobre políticas públicas, participação popular e também sobre as queixas e as críticas de quem se opõe à sua gestão.

Como surgiu a ideia do Natal da Cidade?

O Natal da Cidade foi idealizado pelo prefeito Guilherme Menezes em 1997. Começou como um evento relativamente pequeno, mas com um conceito bem definido: resgatar os grupos de ternos de reis da cidade, iluminar a praça Tancredo Neves que estava às escuras e valorizar o artista de Vitória da Conquista, com esse foco foi convidado a maior expressão da música conquistense, que é o Elomar Figueira de Melo, que veio a dividir o palco com outros artistas de Conquista. De lá para cá o evento passou por algumas transformações sem perder a identidade e o conceito, que é manter a valorização dos ternos e dos artistas locais ampliando para uma celebração cultural que envolve várias manifestações artísticas.

Essa multilinguagem artística que fez do evento uma grande atração para a cidade e uma referência para a região?

Sim, pois antes de se falar da grade principal, temos a parte teatral, com o Auto de Natal, apresentações de dança, a parte de artesanato fortemente representada pela economia solidária no entorno das praças, movimentando o comércio informal também, além dos artesãos e artistas plásticos que disputam o concurso de minipresépios e também a valorização das artes plásticas por meio de uma cenografia especial, montada com o Memorial do Reisado, com a concepção de resgatar, por meio de um trabalho de pesquisa, elementos da cultura popular, sempre homenageando alguém, que nessa edição será o grande artista plástico J. Murilo, que era erradicado aqui e infelizmente nos deixou nesse ano. Então, o evento é hoje uma referência para a Bahia e o Brasil por essa diversidade. Independente dos futuros prefeitos, eu acho que o Natal da Cidade tem que ser mantido, é um evento que a cidade abrigou e que deveria ser institucionalizado, pois já é um patrimônio do município de Vitória da Conquista.

(mais…)


Cultura, Entrevistas, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Redação Mega: enfermeira fala da importância da doação de córneas


colegio opcao

DSCF0604

Esteve no Redação Mega dessa quarta feira, dia 27, Luana Cangussu, enfermeira da equipe do Hospital de Olhos de Conquista. Ela falou sobre a doação de córneas em Vitória da Conquista, cidade que conta com mais captações no estado da Bahia, com uma média de 10 córneas por mês.

Qualquer pessoa entre 2 e 70 anos é um potencial doador, tendo ocorrido morte por parada cardíaca ou morte encefálica. Devido aos diferentes tipos de doação, seja por estética, ou para recuperação da visão, poucas córneas são descartadas depois de ocorrer a doação.

Luana revela que ainda há grande resistência à doação, devido a crenças e mitos religiosos, mas que aos poucos estão sendo feitos trabalhos de conscientização para se desmitificar a doação de órgãos.

(mais…)


Entrevistas, Saúde, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Entrevista da Semana: Escritora Lêda Nova entrevista o ex-ministro da Educação, Ubirajara Brito

ubirajara brito
Ubirajara Brito

Literalmente impossível, por não caber neste trabalho, apontar o infindo curriculum vitae do brilhante UBIRAJARA PEREIRA DE BRITO – professor de Física do Colégio Estadual da Bahia; professor adjunto da Escola Politécnica da Bahia; professor de Geonuclear da Faculdade de Ciências de Orsay da Universidade de Paris; engenheiro civil; pesquisador; jornalista; conferencista; “Docteur d’État ès-Sciences Physiques” pela Universidade de Paris, Orsay, França (1971); “Attaché de Recherches” do CNRS (França, 1967 – 1970) e “chercheur”, pesquisador titular do CNRS (França, 1971 – 1974); distinções no Brasil e no exterior; medalhas; publicações científicas; pós-graduado em Desenvolvimento Econômico e Estratégico, com condecorações nacionais e internacionais; ex-ministro da Educação e da Ciência e Tecnologia; ex-membro do Comitê de Ciência e Tecnologia da Organização dos Estados Americanos (OEA), do Conselho de Administração da Fundação Banco do Brasil, da Comissão Consultiva de Desenvolvimento Nuclear da Presidência da República, na década de 1980. Pertenceu ao Conselho Editorial da Revista Nosso Caminho, dirigida por Oscar Niemeyer, assim como o assessorou no projeto da Universidade Moura Lacerda, em Ribeirão Preto e da UNILA-Universidade Federal da Integração Latino-Americana, em Foz do Iguaçu.

(mais…)


Entrevistas

Comentário(s)



Entrevista da Semana: Rudival Maturano – Coordenador Municipal de Juventude de Vitória da Conquista

Formado em direito pela Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR), Rudival Maturano, coordenador municipal de juventude de Vitória da Conquista, tem o desafio, desde o início do ano, de agregar uma das camadas da população mais complexas atualmente, os jovens.

‘A Juventude de Conquista quer ocupar todos os espaços’

Em um bate papo esclarecedor, Rudival nos recebeu na sede da coordenação e falou sobre inúmeros assuntos: Festival da Juventude, Praça, projetos, combate às drogas, pretensões políticas, manifestações e muito mais. Leia a entrevista na íntegra:

Blog do Rodrigo Ferraz – Como surgiu essa ideia de criar a coordenação municipal da juventude?

Rudival Maturano – A coordenação de juventude é institucionalizada no Brasil, através da União, e também do Estado. E aqui em Vitória da Conquista ela foi realmente motivada a sua criação quando o prefeito Guilherme Menezes assinou publicamente um compromisso com a juventude de Vitória da Conquista, que se chama o Pacto pela Juventude. Um documento elaborado pela Secretaria Nacional da Juventude e pelo Conselho Nacional. Nesse sentido, dentro desse Pacto haviam alguns artigos e esses artigos realmente explicam sobre a composição de institucionalizar os espaços da juventude.

(mais…)


Entrevistas, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Ex-líder do Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger fala da expectativa para o Festival de Inverno 2013

Atração da sexta-feira, 23 de agosto, da 9ª edição do Festival de Inverno Bahia, Humberto Gessinger volta ao evento depois de sete anos. Na primeira vez, veio como vocalista da banda Engenheiros do Hawaii. Agora em carreira solo, Gessinger traz para Vitória da Conquista um show com canções de todas as fases de sua carreira.

‘A tour tem sido maravilhosa, tenho certeza que, em Vitória da Conquista, faremos juntos – banda e público – uma grande noite’

Em entrevista ao site oficial do FIB, Humberto Gessinger fala sobre CD novo, que vai ser lançado em agosto, o contato com os fãs através das redes sociais e a expectativa para o show no maior evento de música do interior do nordeste.

Festival de Inverno Bahia – Depois de tanto tempo de música, você se assume pela primeira vez em carreira solo. Quais são as características do Humberto solo, as mesmas do Humberto dos Engenheiros e da Pouca Vogal?

Humberto Gessinger – A essência é a mesma. Depois de 4 anos com o Pouca Vogal, volto ao baixo e ao formato power trio. É onde me sinto mais a vontade e foi como fiz a maior parte da história dos EngHaw. Resolvi assumir o nome solo pois não usei uma banda fixa no disco que gravei, convidei vários músicos que admiro, usei várias formações. Mas não houve ruptura na maneira como escrevo e toco, só amadurecimento.

(mais…)


Entrevistas

Comentário(s)



Entrevista da Semana: José Maria Caires e a tão falada licitação do novo aeroporto de Conquista

'A sociedade, mais uma vez, terá que pressionar'
‘A sociedade, mais uma vez, terá que pressionar’

Toda semana, sempre às segundas-feiras, o Blog do Rodrigo Ferraz vai contar com alguma personalidade que será entrevistada de forma descontraída e polêmica. O primeiro sabatinado é o empresário e presidente do movimento ‘Conquista Pode Voar Mais Alto’, José Maria Caires. A escolha partiu em virtude da polêmica que tomou conta da cidade após o adiamento da publicação do edital de licitação do novo aeroporto, por ‘tempo indeterminado’. O empresário fala sobre a ‘novela’ da obra, pretensões políticas, prejuízos causados pela falta de um aeroporto de grande porte e muito mais. Boa leitura:

Rodrigo Ferraz – No último fim de semana a cidade foi surpreendida com o adiamento da licitação do novo aeroporto. Fale com sinceridade, Zé, esse aeroporto sai?

José Maria Caires – Primeiro, eu acho que o aeroporto sai. A sociedade ficou estarrecida com essa notícia, pegou todo mundo de surpresa. Houve o aviso de licitação, que foi publicado no dia 18 de junho, no Diário Oficial, e nós até alertamos que todo o anexo do edital deveria estar pronto até dia 05 de junho, mas isso não aconteceu. Isso já é um erro, um vício, no ponto de vista legal, para o edital. Mas, foram colocados os anexos e as empresas que adquiriram esse edital começaram a questionar, se poderia fazer consórcio ou não, que tipo de material era utilizado na especificação, não estava muito claro. Então a gente tem algumas perguntas e respostas do presidente da comissão de licitação do DERBA. A última solicitação foi no dia 18 de julho, onde uma das pessoas perguntou quantas empresas eram possíveis de fazer consórcio. Também não estava claro no edital. Além disso, tinham outras especificações técnicas que deixavam dúvidas no edital. Por isso é que houve o comunicado no dia 29 de julho, publicado no Diário logo depois, de que o edital estava adiado por tempo indeterminado. A primeira coisa que a gente imaginou foi que, coincidentemente, aconteceram dois fatos: primeiro foi que o governo fez um corte de R$250 milhões no orçamento. E, através do Decreto, eliminou vários gastos. Nós imaginamos que o adiamento aconteceu em virtude disso, mas, a resposta do presidente da comissão de licitação, Roberto Barreto, é que a suspensão da licitação ocorreu devido a aspectos técnicos. A sociedade deve continuar cobrando o aeroporto, é uma obra importante.

(mais…)


Entrevistas

Comentário(s)