Opinião: Sentido da Notícia

Por Pastor Orlando Filho Fazemos parte de um momento da sociedade em que as notícias tem sido preponderantes no curso de muitas pessoas e por que não dizer no desenvolvimento sócio-cultural-econômico das cidades também! Lembro-me do anseio por receber um jornal impresso em casa, sabendo que ali conteria noticias novas, oportunidades de emprego, classificados, tudo … Leia Mais


Artigos, Conquista, Vitória da Conquista

Comentário(s)




Opinião: Aluguel de vaga de garagem para pessoas que não moram no condomínio

Uma das coisas mais comuns e ao mesmo tempo mais problemáticas em um condomínio é o aluguel de vagas de garagem. Isso porque o Código Civil autorizava expressamente que os proprietários de imóveis alugassem suas vagas de garagem, inclusive para pessoas que não moram no condomínio. Acontece que, a pessoa que não mora no condomínio … Leia Mais


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Onde está o corpo de Cristo?

Por Mozart Tanajura Júnior* O Papa São João Paulo II inicia sua Carta encíclica ecclesia de eucharistia sobre a eucaristia na sua relação com a igreja a partir da seguinte afirmação:  “A Igreja vive da Eucaristia”. Ainda na mesma encíclica afirma que “esta verdade não exprime apenas uma experiência diária de fé, mas contém em … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



‘Saudade que se torna poesia’, por Mozart Tanajura Júnior

 Mozart Tanajura Júnior* “A saudade é a certeza da presença de alguém que amamos no nosso íntimo” (TANAJURA JÚNIOR, 2018).  Como o tempo passa e deixa saudades fincadas em nossos corações! Há 14 anos chorávamos a perda física de meu pai Mozart Tanajura. Foram dias de muita apreensão, quando submetido a uma cirurgia do coração … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Condomínios endividados – moradores prejudicados

Gabriela Macêdo, advogada especialista em Direito Imobiliário

A crise enfrentada pelo país nos últimos tempos refletiu diretamente nos condomínios, fazendo com que as dívidas dos proprietários de apartamentos aumentassem assustadoramente. Isso acabou causando o endividamento dos próprios condomínios, que não recebiam o suficiente para pagar todas as suas despesas mensais, gerando uma verdadeira “bola de neve” e prejudicando a todos os moradores, especialmente aqueles que pagam suas obrigações corretamente.

Por isso, o síndico precisa ser ágil na cobrança do débito, não deixando as parcelas se acumularem para não gerar uma maior dificuldade no pagamento da dívida.

(mais…)


Artigos, Bahia, Brasil, Conquista, Destaques, Notícias

Comentário(s)



Opinião: A importância da Educação Financeira

Por Kamile Araújo

​​​Economista

​Mestr​a em Economia Regional e Políticas Públicas

​C​​onsultora de Finanças Pessoais e Investimentos na Poup & Invest

Siga: instagram.com/poup.investvca

E se lhe perguntassem como está a sua vida financeira hoje, você saberia dizer pra onde está indo o seu salário? A maioria provavelmente saberia exatamente quanto ganha, mas se perderia ao começar a descrever o quanto e com o que gastou o seu dinheiro no último mês. Por não ter consciência do destino dos seus recursos, as pessoas gastam deliberadamente e não conseguem poupar absolutamente nada. Consomem, endividam-se com parcelamentos a perder de vista, gastam mais do que ganham e, de repente, descobrem que o saldo devedor é maior que o credor.

A sensação de quem não domina as próprias finanças é de estar sempre “apertado”, de “viver para trabalhar e pagar contas”, de “nunca sobrar nada no fim do mês”. Você até sabe que precisa parar e organizar a sua vida financeira, mas continua adiando e prometendo que no próximo mês vai tomar uma atitude. Assim como você, milhares de brasileiros não controlam o próprio orçamento, e está mais do que provado que esse é o ponto de partida para entrar em uma verdadeira bola de neve. Já parou pra pensar em quantos dos seus sonhos estão sendo deixados para traz por conta disso?

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: O que eu quero para o dia das mães

Por Luciana Santos Silva (Advogada, professora do curso de direito da UESB e diretora de assuntos jurídicos e educacionais da União de Mulheres de Vitória da Conquista)

O dias das mães é o segundo melhor período de vendas para o comércio perdendo apenas para o Natal. E para as mãe, qual o real ganho nessa data? Para além do ponto de vista comercial o que pode significar o Dia das Mães? Ser mãe é maravilho mas não ficamos apenas no paraíso. A sociedade traz um falso endeusamanto da maternidade que torna muito doloroso o seu outro lado.

Um ponto importante para começar a desmascarar esse ideário inatingível é aceitar que nem toda mulher precisa ser mãe. O culto a maternidade traz consigo a obrigação da mulher em ter filhos. Ser mãe é uma opção e não uma imposição. As mulheres que não querem ter filhos são tachadas de loucas, “meia-mulher” ou insensíveis, ainda que isso seja dito de forma velada. As que não podem reproduzir são muitas vezes levadas a autoculpabilização, ao sentimento de impotência ou ao desespero por não cumprir o destino social  que foi traçado para as mulheres: ser mãe.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Dia do Trabalhador: que haja pão em todas as mesas!

Por Mozart Tanajura Jr[1]

“Trabalhadores, trabalhadoras, Deus também é trabalhador!” (Pe. Zezinho)

1º de maio, dia do trabalhador. Não é à toa que a Igreja Católica neste dia também celebra a festa de São José Operário. Diz-nos a história cristã que São José, pai adotivo de Jesus, era carpinteiro e, portanto, trabalhador, operário … homem simples e justo, conforme descrição bíblica e da própria tradição eclesial ao longo dos séculos. Como todo trabalhador pobre,, suava para ganhar o seu sustento e o de sua família. Não se dobrou diante dos poderosos; aprendeu a subverter a ordem injusta estabelecida para proteger o menino Jesus, como missão que recebeu da parte do Pai Eterno. Ah se não fosse o espírito subversivo do casal sagrado Maria e José ao não acreditar nas ordens nefastas de Herodes! Fugiram sim! Mas não uma fuga covarde; fugiram para não entregar o recém-nascido nas mãos daqueles que, por poder e riqueza, tudo fazem, até mesmo se preciso for vendem as suas próprias almas ao mal.

A perseguição ao menino Jesus foi dura e cruel: diversas crianças menores de dois anos foram assassinadas pelas mãos dos facínoras, carrascos e cumpridores de uma ordem contrária à vida e ao projeto de Deus. No entanto, São José, ao lado de Maria, não hesitou, nem vacilou: prosseguiu com sua missão. Educou o Menino Jesus e o ensinou na escola da vida o respeito ao próximo e a dignidade do trabalho. A prova disso é que Jesus, mesmo sendo Deus, trabalhou humanamente e aprendeu a profissão de José, tornando-se também carpinteiro. Por isso, com razão, a Igreja celebra o dia de São José e o identifica como um trabalhador, um operário, assim como nós, trabalhadores, que lutamos dia a dia por nosso pão e sustento, não sobrando nada, muitas vezes, para outras dimensões do viver tão necessárias à dignidade humana: saúde, educação, moradia, cultura, lazer…

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



20 anos do Sicoob CrediConquista, uma homenagem de Esequias Araújo Lima

Texto lido durante Assembleia Geral Ordinária 2018 e comemoração dos 20 anos do Sicoob CrediConquista

Esechias Araújo Lima

Poeta, cronista e membro da Academia Conquistense de Letras

Agradeço a Deus pela oportunidade de estar aqui nesta noite. Dizer que  é uma honra pra mim merecer a confiança dos dirigentes da Crediconquista expressa no convite para fazer, em nome de todos,  a saudação aos 20 anos de funcionamento desta que, indubitavelmente, é a maior instituição financeira genuinamente conquistense.

Gostaria de iniciar citando Fernando Pessoa com  versos que cabem, perfeitamente, no sentido desta festa:

“O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia, 
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia”. 

Navegando nas águas deste maior poeta da Língua Portuguesa depois de Luís de Camões, arrisco esta paráfrase:

O Banco X é o maior banco que há na nossa aldeia,

mas o banco X não é o banco mais importante da nossa aldeia

Porque o Banco X não é o banco que nós ajudamos a construir na nossa aldeia.

Sendo assim, a CREDICONQUISTA é a maior instituição financeira que há nesta comunidade, porque ela não apareceu para extrair riquezas, mas ela – a Crediconquista –  é árvore que aqui nasceu, aqui produz e aqui mesmo distribui seus próprios frutos.

Há 20 anos, por sobre a terra dormia o silêncio da semente, a sonhar flores e frutos. E “tudo que dorme é criança de novo” no dizer do mesmo Fernando Pessoa. E está ali súbito, como a flor que se rompe em pétalas, um sonho. O de regar a semente com afetos de mãe.

Milton Nascimento poetiza o plantio com sabedoria de jardineiro:

 Afagar a terra

Conhecer os desejos da terra

Cio da terra, propícia estação

E fecundar o chão. (mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: É possível, sim, uma nova política de segurança pública para a Bahia

Por *Coronel Esmeraldino Correia

2012 registrou o maior número absoluto de assassinatos no Brasil, com a taxa mais alta de homicídios desde 1980: nada menos que 56.337 pessoas foram mortas naquele ano. A taxa de homicídios atingiu 29 vítimas fatais para cada 100 mil habitantes. O flagelo da violência tem submetido a sociedade a um medo constante.

Todos os estudos e a vivência com a realidade mostram que Vitória da Conquista, no contexto da Bahia e do Brasil, é uma cidade com índices que exigem ações imediatas para o enfrentamento de tão grave problema. É sabido que a violência urbana e rural gera um sentimento de insegurança que modifica, deforma e inibe o viver.

A violência tem desvirtuado a função básica da cidade, pois com o império do medo, do trauma e do recolhimento, muitos já não vivem mais a liberdade de ir e vir na sua plenitude, reduzindo, drasticamente – e para pior – o estado de espírito de todos que vivem no município, onde a qualidade de vida é duramente afetada.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Polícia, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Iguarias de Conquista: Kinkas – Um picolé de responsa

Por Léo Tavares – Buteco 512

Certa feita, depois de encher o pandú (Comer até pocar em Italiano) lá em Duchinha (Bar Nova Amizade), meu amigo Herley Rocha falou: “Agora um sorvetinho!”

Imaginei eu os locais já convencionais de nossa cidade, ainda tava “verde” nesse negócio de digital influencer, mas pensei erroneamente. Herley me apresentou Kinkas Picolé e desde então, sempre que acho conveniente, passo lá e compro “as ruma de picolé”. Explico:

Kinkas tem um dos melhores custo benefício da city, o Ituzinho custa R$1,75 conto, é saboroso e consistente. Eu sempre peço o de coco e acho que eles ralam 3 cocos por picolé…hehehe! Juro, sabor de coco, fiapo de coco, é coco que não acaba mais.

Kinkas fica na Av Paraíba, 630 – Bairro Brasil! Gostou da dica? Me segue lá no instagram (@buteco512) que tem muito mais. Até a próxima e forte abraço!


Artigos, Conquista, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Por que o PSDB?

Por Esmeraldino Correia 
“Nossa caminhada no PSDB será feita ladeada por muitos amigos, principalmente do nosso prefeito Herzem Gusmão”.

Os brasileiros estão cansados de instabilidade política, assim como dos reflexos econômicos desta disputa desleal que um partido dito de esquerda resolveu fazer, não contra o Governo Federal, mas contra o Brasil. O nosso país clama por estabilidade, a mesma estabilidade que teve nos dois governos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, homem experiente, um estadista que entregou o Brasil nas melhores condições possíveis ao seu sucessor.

Nenhum país pode enfrentar crises e investir na arrumação social sem conseguir constituir um governo austero, que conheça os problemas do povo e que, principalmente, não faça do Palácio do Planalto sede de nenhum partido político. Sim, porque quem se elege presidente passa a ser governante de todos os brasileiros e precisa conversar francamente com todos os partidos, sem distinguir cores ou ideologias.

E foi sonhando com este Brasil que precisa se reencontrar que tomei a decisão acertada de engrossar as fileiras de um partido que fez tão bem ao país e ao seu povo. Quem tem mais de 60 anos, como é meu caso, sabe que estou dizendo verdades. O PSDB foi o partido que devolveu ao brasileiro o orgulho de ser brasileiro, principalmente quando deu fim àquela temida inflação, um monstro que empobrecia nossa gente.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião – Cultura nós temos: nos falta um centro

Por Esmeraldino Correia 

Acertou em cheio o prefeito Herzem Gusmão ao fazer do Natal Conquista de Luz um grande palco para nossas expressões artísticas locais, ampliando o espaço geográfico da festa para três praças, inclusive no lado oeste da cidade. Foram noites inesquecíveis de primorosos concertos eruditos, rock e muita música popular brasileira. Assistimos a uma grande festa dos artistas conquistenses para a família conquistense. Crianças, jovens, adultos e idosos, todos puderam desfrutar de momentos mágicos. Puderam sentir o pulsar da cultura em plena praça pública.

Lastimavelmente, esses mesmos artistas – que tiveram pela primeira vez seu valor reconhecido pelo governo municipal – não estão merecendo o mesmo respeito do governador do Estado. Algo vergonhoso para uma cidade de quase 400 mil habitantes saber que nosso Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima caminha para cinco anos de absoluta falta de cultura. Ainda pior é o silêncio dos deputados da base do governo, sempre tão rápidos no gatilho contra o nosso governo, mas tão cordeiros e mansos quando a cidade realmente precisa de sua voz.

Fui presidente da Academia Conquistense de Letras e posso testemunhar a sede do nosso povo por cultura, por música, por teatro, por literatura. E quanta falta nos faz um espaço de convivência literária, um ambiente no qual principalmente a juventude possa apoiar-se para se exprimir por meio da arte. Ver o Centro de Cultura fechado é a certeza de que muito de nossa alma artística está obscurecida, sem alcançar o grande público local, sem gerar uma economia cultural própria e sem repercutir na autoestima coletiva.

(mais…)


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)