Gastronomia conquistense – Barraca do Carlos: Pastel com massa artesanal na Feira do Patagônia

Primeiramente: Feliz 2020! Segundamente: Quem aqui ama Pastel de Feira? Esse, no caso, é feito com massa caseira, artesanal, daquelas que leva cachaça na massa, cavucado no meio e enxertado com uma saladinha de repolho e tomate. É simplesmente… SENSACIONAL! A dica foi de um seguidor (Nando Ladeia), lá no meu instagram (@buteco512)!   A massa … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense: Casa de Roça – Cachaça Boa e Comida Sertaneja de Primeira Qualidade!

A última dica do ano tem que ser diferentona… que tal um lugar que é em VDC city, mas parece que tu tá na roça de um amigo, ou parente chegado. Com comidinhas típicas da nossa região (sertaneja) todos os dias (PF e Comercial), mas aos finais de semana serve a la carte e tem música ao … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista: População questiona falta de espaço em estacionamento para embarque e desembarque no Aeroporto Glauber Rocha

Por José Maria Caires A movimentação dos motoristas de aplicativos tem sentido, em protesto por não disporem de um local no Aeroporto Glauber Rocha onde possam aguardar os passageiros. Devemos observar que em qualquer aeroporto do mundo eles ficam nas proximidades do embarque. Ocorre que o aeroporto de Vitória da Conquista é uma área de … Leia Mais


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)




Gastronomia conquistense: Carneiro Mania – Cordeiro, pinga e moda de viola

Carne deu uma subida de preço, né? Expliquei os motivos da alta da carne lá no meu instagram (@buteco512) de maneira descomplicada e descontraída, me achei “O Economista” hahaha… mas resenhas à parte, uma das soluções para burlar a alta é a procura de outras proteínas que não tiveram tanta alta assim. Uma dela é … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense: Bar do Bigode – Novo Ponto, mas o sabor de sempre!

por Tavares 512

Com a frase no cartaz, em seu antigo ponto, em que dizia “temos buchada e feijoada TODOS OS DIAS” o Bar do Bigode ganhou minha curiosidade e depois me ganhou pelo estômago. Dono de um tempero bem equilibrado e sal no ponto o Bar mudou para um ponto maior, melhor e mais arejado para poder atender seus clientes ávidos pelos seus petiscos.

Com direito a uma estufa de respeito, onde ficam as amenidades, pingas sortidas e variadas, e cerveja gelada, o Bar do Bigode tem o selo 512 de butecabilidade. Hoje, Bigode se auto proclamou o Rei da Buchada, mas sou fã da rabada e da feijuca, me julguem! O Bar funciona TODOS OS DIAS e aos finais de semana tem música ao vivo. Se você demorar de chegar, pode não achar lugar. #ficaadica

O ambiente é super bem frequentado e durante a semana muita gente vai apenas pra comer e seguir a rotina do dia. A rabadinha (indico) desmancha, acompanha arroz, farofa de feijão e vinagrete. Estava com um amigo no dia desta foto e pedimos 2 pratos de $15 taokeis… a rabada e a buchada. O local ficou famozão pela feijoada, que eu, como disse acima, acho um muito bem feitinha e saborosa. Fora o fato que serve duas pessoas fácil.

(mais…)


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense: Bar do Cidão – Buteco Raiz com Feijuca de Responsa

Por Léo Tavares – Buteco 512

 

Vocês já se perguntaram “Quais os pré requisitos básicos para ser um Buteco Raiz?” Fiz uma listinha aqui pra ver se o buteco que vou indicar hoje passa no teste, vamos lá:


– Comida boa e com ótimo custo benefício? CHECK
– Modão de viola e músicas do Gênero? CHECK
– Pingas Sortidas e Variadas? Check
– Galera bebendo e comendo ao pé do balcão? CHECK
– Pimentas para todos os gostos e resistências? CHECK

Ô gente, CHECK é “Tem Também” em Dialeto Senegalês…hehe. Dito isso, a dica de hoje é
 uma Feijuca Sabadeira e BBG (Boa, Barata e Gostosa) que fica quase na beira da pista, no comecinho do Bairro Ibirapuera:A Feijoada do Bar do Cidão.
Essa iguaria é servida aos sábados, e só aos sábados, no Bar do Cidão, que fica na R. Pedro Alvares Cabral, 2 – Ibirapuera. O Bar é raiz com direito a cachaça coquinho, pingas variadas amenidades, cerveja gelada e sequência de pimenta. Se bem que eu achei as 5 tudo fraca, viu Cidão?! Arruma umas mais forte pra nois…hehe.

É bom chegar cedo, porque tem gente que vai com uma tupperware e leva pra casa (sério isso!), no sábado que eu fui, um sujeito comprou o panelão todo e levou pra casa, achei uma falta de esculhambação…hehe.
Cervejas estupidamente geladas, DVD tocando show de Bruno e Marrone, e apesar da maioria ser de homens no local, o ambiente é bem sossegado e ordeiro. Arejado, espaçoso e os mais chegados já se servem diretamente da freezzer… me senti em casa.
O preço? É $10 taokeis por pessoa, ele serve as porções de acordo a quantidade de pessoas. SENSACIONAL! Muito saborosa e você não sai com aquela sensação de pesadão. #butecoindica. Curtiu a indicação? Me segue la no meu instagram (@buteco512), tem muita dica legal e humor sem noção. Até a próxima. Forte Abraço!
 
Léo Tavares
@buteco512

Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense: Fátima Lanches – 20 anos de história e salgados

Por Léo Tavares – Buteco 512

Comida é história e afeto, não é verdade?! E VDC City tá cheia de locais como o “Fátima Lanches”, que há mais de 20 anos serve lanches ali, em frente ao Colégio Polivalente – Bairro Brasil. Sua estufa é daquelas que você sente “fome”, mesmo sem ter e acaba cedendo a vontade e pedindo um salgadinho e um suco, só pra distrair a boca.

Eu particularmente não conhecia, mas tive que ir ao Colégio Polivalente e estava acompanhado de minha filha mais velha, que não tinha comido nada pela manhã até aquele horário (13:00 hrs), normal de adolescente que tem fome, mas tem preguiça de fazer…hehe. Meu estômago investigativo me faz ir a qualquer lugar que tenha comida, e se é boa eu conto pra vocês. Por aqui e pelo meu instagram (@buteco512).
 
O Local vende material escolar, trabalha com impressão e tira xerox. É o típico local do estudante, precisa de uma xerox, um lápis, uma caneta, “ahhhh, já tô aqui vou comer”. Não é uma lanchonete convencional, lembra muito uma “venda”. A galera come em pé mesmo, deixe de frescura, arrume um canto e coma no balcão.
Então pedi o lanche pra ela e, como tava sem fazer nada e não tinha almoçado ainda, pedi um pra mim também. O bom de estar em dupla é que você pode pedir dois e comer metade de cada… assim você experimenta mais, não come muito e nem gasta tanto (Fica a dica). Lá comi um dos pasteis mais saborosos de VDC City. O de carne é muito bom, mas o de frango é surpreendente… realmente surpreendente. Saboroso, temperado e bem recheado. Massa sequinha e crocante. Nem todos os salgados são feitos por Dona Fátima, ela meio que ajuda outras pessoas, vendendo o salgado deles também. 
No dia em que postei nos stories, a galera deu altas dicas, falaram que eu tinha q comer a coxinha e o Bauru… nem queria, mas vai ser o jeito voltar neam?! O Salgado Custa $1,50 taokeis e o refresco $1 taokei. Acho q dá próxima vez eu vou levar uma tupperware. Gostaram da dica? Me segue la no instagram (@buteco512), tem muita coisa legal. Até a próxima. Forte Abraço!
Léo Tavares
(@butecio512)

(mais…)


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



179 Anos: Parabéns, Vitória da Conquista!

Por Coriolano Moraes – Vereador

Do Arraial da Conquista a Joia do Sertão Baiano, um município pujante que se transformou num polo regional em educação, saúde e agropecuária. Com comércio forte e economia diversificada, atrai investimentos para vários setores. Uma cidade acolhedora, construída a muitas mãos.

O território onde hoje está localizado o município de Vitória da Conquista foi habitado pelos povos indígenas Mongoyó ou Kamakan, Ymboré e Pataxó.
A ocupação do Sertão iniciada em 1752, com o objetivo de integrá-lo a região litorânea, teve como mestre-de-campo João da Silva Guimarães, que liderou a Bandeira. A origem das primeiras moradias estão relacionadas à busca de ouro e ao interesse da metrópole portuguesa em criar um núcleo urbano entre a região litorânea e o interior do Sertão, uma hinterlândia (do alemão hinterland), influenciada pela coroa portuguesa, portanto, dentro de um contexto do ciclo de colonização dos fins do século XVIII.

O Arraial da Conquista foi fundado em 1783 pelo português João Gonçalves da Costa, dentro do propósito da conquista das terras ao oeste da costa da Bahia. Através da Lei Provincial N.º 124, de 19 de maio de 1840, o Arraial da Conquista foi elevado a Vila e Freguesia, passando a se denominar Imperial Vila da Vitória, com território desmembrado do município de Caetité, tendo sua instalação em 9 de novembro do mesmo ano. Em 1º de Julho de 1891, a Imperial Vila da Vitória, passou à categoria de cidade, recebendo, o nome de Conquista. A partir de dezembro de 1943, através da Lei Estadual N.º 141, o nome do Município é modificado para Vitória da Conquista.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Vitória da Conquista – 179 anos sob Chuva, Sol e Estrelas

Por Paulo Pires

Quem anda pela estrada da Rio-Bahia e gosta de encontrar timbres e sabores alvissareiros, dá  de frente, surpreendentemente, com um belo portal no primeiro Planalto do Nordeste Brasileiro.

Esse belo portal iluminado tem nas encostas da Serra do Peri Peri cantos de assum preto, pardais e juritis, mas repousa sua sonoridade de catingueiro no seu cantador maior Elomar de Mello, quase Figueiro. E esse canta como os grandes toureiros, que foge da fúria dos Miuras da

Andaluzia em seu dourado e plangente vocábulo suscitado pelo belo canto de primeiro. Há também sinais em suas ruas, de focos de luz, Pedras e Tochas, são lembranças das Pedras- Pedrais-Glauber-Rocha, mais que preciosos, grandes Metais eclodiram como a Flor que ao tempo certo Desabrocha. Pela Francisco Santos caminhantes apressados não contemplam o gargalo da Rua que oferece os primeiros Acordes de um discreto Azul, sobrevoando o Alto da Serra quilômetros à frente, numa clara evidência de se estar na América do Sul.

(mais…)


Artigos, Bahia, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense: Bar do Timóteo – Sarapatel e Buchada Todos os Dias.

Por Léo Tavares

Quem gosta de uma comidinha com mais sustança, sai que nem eu, procurando os melhores petiscos pela cidade, né verdade?! Através de uma dica (podem me mandar mais dicas, vou em todas) encontrei o Sarapatel do Bar do Timóteo. Um Buteco Raiz, dono de uma culinária SENSACIONAL. Fui para comer a buchada, mas é tão requisitada que acabou antes de minha chegada, tive que voltar (foi o jeito).

Um Sarapatel diliça, bem feitinho, cortado em cubinhos pequenos e quase simétricos, o Tempero leve e o sal no ponto. A responsável pela iguaria é a dona Rita de Cássia, esposa de Sr. Timóteo. Essa porção custa $15 taokeis e é pra 01 pessoa. Confesso que levei pra casa e comi no outro dia ainda.

O bar do Timóteo é um Buteco familiar, simples, mas todo limpinho e arrumado. Em atividade desde de 1975 é um dos butecos mais tradicionais na cidade e já é conhecido da galera dos virotes. Cerveja gelada e pingas diversas e variadas também se encontram por lá. O que me chamou atenção é que TODOS OS DIAS tem Sarapatel (com um pouquinho de noz moscada ) e buchada… isso mesmo que vocês leram, TODOS OS DIAS. Funciona das terças aos domingos das 9 da manhã até ter cliente na casa.

Fica na Av. Guanambi, 427 – Bairro Patagônia. A fachada é daqueles botecos que você jura que nunca vai entrar, mas o sabor é SENSACIONAL e o serviço de primeira. Portanto… “dispa-se de preconceito e vista-se de fome!” Pode ir que o #butecoindica

Gostou da matéria? Me segue lá no instagram (@buteco512), tem muita dica legal e humor sem noção. Até a próxima. Forte Abraço!
 
Léo Tavares 
@buteco512

Artigos, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Plano Municipal de Arborização, um compromisso com as futuras gerações

Por *Edivaldo Ferreira Júnior

Em abril deste ano, o Governo Municipal editou o Decreto nº 19.394, criando o Parque Ambiental do Rio Verruga, instituindo medidas de preservação essenciais à qualidade de vida da população de Vitória da Conquista. Ao assumir a responsabilidade de constituir um ambiente urbano ecologicamente protegido, o prefeito Herzem Gusmão demonstrou compromisso com a atual e as futuras gerações, que não podem prescindir da preservação de seus ecossistemas.

O Rio Verruga é o berço civilizatório de Vitória da Conquista. Suas margens deram abrigo aos nossos primeiros habitantes, que ali construíram suas residências e iniciaram o povoamento, a partir da Mata do Poço Escuro. A preservação do Rio Verruga e suas matas ciliares é, portanto, preservação da memória local também. Assim, ao proibir obras, ocupações, depósito de lixo e abate de plantas, o governo contribui definitivamente com o meio ambiente e com nossa história.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Cães sem dono em Conquista e a lição que o Hiper Bompreço não aprendeu com o Carrefour

Do Blog de Giorlando Lima

Em novembro de 2018 golpes que um segurança deu em um cachorro que circulava nas dependências de uma loja do Carrefour, em Osasco, São Paulo, caíram como uma pancada na imagem da rede francesa de supermercados. A divulgação da agressão nas redes sociais provocou uma repercussão nacional, com respingos internacionais. O cachorro morreu e o episódio obrigou a empresa a emitir notas e gastar com comunicados para explicar que não concordava com atos como o cometido pelo segurança da loja de Osasco.

(mais…)


Artigos, Bahia, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense – Culinária Intuitiva: A Desgormetização da Parada Toda

Por Léo Tavares

Dica de hoje é conhecer o novo canto do Culinária Intuitiva, restaurante que mudou de endereço pra um espaço mais good vibes e com direito até uma rede pra jiboiar.

Com uma proposta de Desgourmetizar a parada, o Culinária Intuitiva vem com comidas veganas e tradicionais, trabalhando com a Sazonalidade dos produtos e muita criatividade. De segunda à sexta, além de atender no restaurantes, eles fazem entregas em domicílios (98841-2320).

O rango do dia foi linguine ao molho de moqueca, mix de folhas com tomate confitado, abacaxi e peixe empanado frito… tava sencional! Tem que dar enfase que toda sexta-feira eu visto branco (coisa minha) e sair de lá sem uma unica mancha de molho na camiseta foi um feito novo e merece estar no Guinnes Book (Fim do momento nada a ver).

A vibe do lugar é bem alternativa e de boas. Uma energia bem gostosa,onde você se sente em casa…melhor, no quintal de casa. Não vá com muita pressa, porque o lance é slowfood, senta, toma uma cerva, joga conversa fora com os amigos, ou só curta o local.

Siga o @culinariaintuitiva (insta) e fique por dentro dos cardápios. O endereço físico fica na Av. Joaquim Padre, 25, Flamengo. Gostou da matéria? Me segue lá no instagram (@buteco512), tem muita dica legal e humor sem noção. Até a próxima. Forte Abraço.

Léo Tavares

@buteco512


Artigos, Conquista, Cultura, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense – Paulu´s Churrascaria: Churrasco de Responsa e Farofa de Manteiga!

Uma das mais tradicionais Churrascarias da City é a Paulu´s Churrascaria, que, posso até estar enganado, mas foi o pioneiro no sistema de vender o espeto e as unidades por aqui. Não que isso já não existisse, calma lá, o que eu estou dizendo que foi um dos primeiros a comercializar desta forma… não me lembro se a Mongoiós era assim, era muito pequeno pra lembrar (entreguei a idade).

Confesso que havia muito tempo que não ia lá e tomei um susto com o tamanho do local e com a diversidade do cardápio, pois lá agora não vende só churrasco, vende também outras iguarias como buchada, rabada… comidinhas que aquecem a alma.

Paulu´s merece ser citado por aqui por N motivos. A carne continua sensacional e vem no ponto certo que o cliente pede, não vem sapecada. O Atendimento é muito prestativo e rápido, o que é bem importante. De quarta a sexta à noite tem promoção nos espetos e porções. Tem uma costelinha carnudona e por último e não menos importante, a farofa é de manteiga!!!

Eu não sei vocês, mas nada justifica uma farofa feita com margarina, tira todo o tesão da coisa. Aquilo é quase um plástico gente, nem apodrecer apodrece, imagina isso no organismo da gente. Vou levantar uma campanha “Farofa só de Manteiga” hehehe, o pior é que tem restaurante “caro” com esse tipo de farofa… nem lá eu vou.

(mais…)


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Gastronomia conquistense – Espetinho Recreio: Tradição de Pai pra Filho

por Léo Tavares

“Beber aos finais de semana todo mundo bebe, mas nas Segunda-feira só os profissionais.” Ditado butequistico. O problema é descobrir o que e quem abre às segundas em VDC city né verdade?!

O Espetinho Recreio (@espetinhorecreio) é um desses (poucos) locais. Com espetinhos bem saborosos de $3,50 taokeis à $6 taokeis (o mais caro), o local é famoso pelo aipim frito (sensacional) e pela codorna assada (esqueci a foto, foi malz) q é bem carnuda. O espetinho tem uma pegada de tradição, de pai pra filho, que começou com a codorna, ali na Genésio Porto mesmo.

Ótimo lugar pra se tomar uma, comer um espetinho e ver a vida passar. Ambiente familiar, sossegado, de boas. Apesar de ter cerveja, o mote é comer.

Pedimos de tudo, sortido e variado…tava tudo bem bom. Super indico o lugar. Além de espaçoso, cerveja gelada, lá tem um cano pra “guardar” os espetinhos e conferir a conta no final. Achei Genial. O Espetinho Recreio fica na Av. Genésio Porto, 436 – Recreio. Gostou da matéria? Me segue lá no instagram (@buteco512), tem muita dica legal. Até a próxima. Forte Abraço!

Léo Tavares

@buteco512


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)