Devaneios Sonoros: Cultura Bacana, próximos shows e a volta dos Smiths

*Por Gilmar Dantas “Take me out tonight Where there’s music and there’s people Who are young and alive” (There Is a Light That Never Goes Out – The Smiths) Música autoral é bacana Se você perguntar pra qualquer músico de Conquista em qual lugar ele prefere tocar, nove em cada dez irão responder: Cultura Bacana. … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Conquista é rock! As dez melhores bandas de rock/metal da cidade

Por Gilmar Dantas *Este post encerra a série Melhores do ano especialmente escrita para o Blog do Rodrigo Ferraz, viabilizada através de uma parceria com o Selo Piripiri que, no dia 18 de janeiro, festeja um ano com shows das bandas Vivendo do Ócio, Transe (ES) e Taro no Cultura Bacana. Adquira já o seu … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Dez músicos de Conquista que fizeram sucesso no Brasil e no mundo em 2017

Por Gilmar Dantas *Este post integra a série Melhores do ano especialmente escrita para o Blog do Rodrigo Ferraz, viabilizada através de uma parceria com o Selo Piripiri que, no dia 18 de janeiro, festeja um ano com shows das bandas Vivendo do Ócio, Transe (ES) e Taro no Cultura Bacana. Adquira já o seu … Leia Mais


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Professor Cori: Carta aberta em defesa do Colégio Estadual Nilton Gonçalves

Por Vereador Coriolano Moraes (Professor Cori) Por que lutar pelo não fechamento da escola e sim defender a sua continuidade até a construção de um novo prédio? O Colégio Estadual Nilton Gonçalves foi fundado no ano de 2000. São dezessete anos contribuindo com o crescimento econômico, social e educacional em Vitória da Conquista. Atualmente, com 603 … Leia Mais


Artigos, Conquista, Destaques, Educação, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



As dez melhores músicas de Conquista lançadas em 2017

Por Gilmar Dantas

*Este post inaugura a série Melhores do ano especialmente escrita para o Blog do Rodrigo Ferraz, viabilizada através de uma parceria com o Selo Piripiri que, no dia 18 de janeiro, festeja um ano com shows das bandas Vivendo do Ócio, Transe (ES) e Taro no Cultura Bacana.

Apesar de ser um ano com poucos lançamentos de discos (o que tem sido uma tendência mundial), vários artistas lançaram singles em Vitória da Conquista neste ano. Confira o nosso TOP 10:

Décimo Lugar: Neubera Kundera (feat Luiza Audaz) – Balada no melhor estilo BRock dos anos oitenta feita por dois parceiros em vários projetos de shows autorais.


Nono Lugar:Hotel Mambembe – Pode Crer – Jazz, bossa nova e várias influências numa fusão que traz um refrão explosivo.

(mais…)


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: A felicidade com maquiagem na internet

Por *Vilmar Rocha

Há alguns dias, fiz uma enquete na minha conta do instagram (@vilr_) para que os meus leitores/seguidores decidissem sobre o que eu deveria escrever na minha próxima coluna a ser publicada. Bom, eis que surge o tema, então, vamos a ele!

Já reparam que a maioria das postagens dos adeptos das redes sociais são de momentos felizes? Essa é uma ação natural, visto que por se tratar de um processo de vitrinização, queremos mostrar aquilo que temos e fazemos (de) melhor. É notório que a sequência dessas postagens passam a impressão de que os usuários, aqueles ali que se mostram, vivem uma vida de felicidade constante. Não há nada de errado nisso, contudo, percebemos que há uma maquiagem nesse processo, uma vez que a realidade não é bem assim.

Ora, se somos seres humanos, há momentos em que nos frustramos, que estamos tristes e que desejamos nem termos nascido. É errado esconder esses fatos para que os outros não saibam das nossas fraquezas e malezas? Não também! Há, de fato, um certo cuidado na seleção daquilo que postamos. Por isso, o que quero chamar a atenção aqui é o fato de que o que é postado não representa a totalidade da vida de alguém. Todo mundo passa por desafios e tristezas na sua vivência e isso é completamente normal.

E como as redes sociais exercem impactos sobre nós? (Esse título seria para uma coluna inteira, mas tentarei ser breve).

(mais…)


Artigos, Conquista, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: A elegância nas nossas escolhas lexicais e construções sintáticas

Por *Vilmar Rocha

Nos meus últimos escritos, intitulados Tempos Estranhos, fiz menção a alguns fatos ocorridos no contexto nacional e em nossa cidade que, de certa forma, me causaram incômodos pelo fato de irem de encontro ao meu pensar e ao que construí como consciência no decorrer da minha existência.

Pois bem, trata-se, certeiramente, de um texto de opinião, afinal este gênero ao qual faço uso é isso mesmo: opinião, que por sua vez, se veicula neste canal de comunicação de massa e que se aqui está, obviamente, está sujeito ao crivo de quem o lê.

Construo esta coluna baseado em observações realizadas nos últimos tempos, uma vez que, a opinião individual e coletiva está disponível a qualquer um e a qualquer tempo. Depois das redes sociais e da democratização de acesso a elas, essas mesmas opiniões estão mais ainda veiculadas sem qualquer pudor.

Bom, em relação ao meu último texto, visualizei algumas críticas partidas de leitores que me deram a honra de dedicar o seu tempo para a leitura. O que me chamou a atenção não foi exatamente o teor da crítica, mas as escolhas lexicais utilizadas para fazê-las. Foram palavras pouco elegantes e o tom me pareceu de ataque.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Educação, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Tempos Estranhos

Por *Vilmar Rocha

Vejam esses fatos: 1: O prefeito do Rio de Janeiro quer barrar o Queermuseu no Museu de Arte da cidade; 2: Juíz concede liminar para tratamento psicológico para homossexuais por conta da homossexualidade. 3: Vereador de Conquista colocar outdoor na rua insinuando a intervenção militar.

O que esses fatos têm em comum? A resposta é muito simples, todos eles causaram revolta e incentivaram protestos pela população. No caso 1, penso ser uma tentativa clara de censura à arte, o que vai totalmente de encontro à Constituição Federal. A questão que me paira é: como o chefe do executivo pode querer infringir a nossa Carta Magna? Penso também que essa atitude incita o retrocesso ideológico no sentido de tentar incorporar a privação ao povo.

No que tange o caso nº 2, é fato que a decisão é frágil, visto tratar-se de uma liminar e já tem gente, de forma certeira, correndo atrás para derrubá-la. É límpida essa posição carregada de ideologia religiosa e preconceituosa (não que uma coisa tenha a ver com a outra (pelo menos, não é pra ter)). Logo, percebemos que a justiça não está sendo laica e tampouco garantindo o direito de alguns cidadãos, que, segundo a mesma Constituição, que já citei, devem ser tratados como iguais. O caso já foi discutido e rediscutido e a autora da ação não quis gravar entrevista. Será que ela se orgulha, portanto, da sua atitude? Momento de reflexão.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Você esqueceu? Eu não!

Por Florisvaldo Bittencourt

Faz 1 ano e três meses que Jessica, grávida, foi espancada e morta com seu filho, por Américo. lembram? O assassino foi preso em flagrante, a prisão foi registrada como lesão corporal e foi paga fiança de R$ 5.000,00. Lembram? Claro, o assassino filho de família rica, fugiu e está protegido. Jéssica, filha de família pobre, junto com o bebê, está presa debaixo da terra, morta. Lembram? Os movimentos feministas e os de direitos humanos se calaram também. Lembram? A imprensa também se calou. Lembram? A polícia Civil, a quem compete a captura do criminoso, se calou. Lembram? Pois é, eu não esqueço desse episódio que é a demonstração de como o braço forte da lei e do Estado só funciona contra o lado pobre e para proteger o lado rico da sociedade. Lembrar desse caso é mais que falar de Jessica… É para lembrar que outras Jessicas pobres continuam morrendo e outros assassinos como Américo continuam soltos.


Artigos, Bahia, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Vitória dos artesãos e artistas de rua de Vitória da Conquista

Por Alexandre Xandó

Após uma reclamação da CDL e recomendação do Ministério Público, a Prefeitura Municipal notificou os “hippies” a “desocuparem a Praça 9 de Novembro”. Como Gandhi, eles utilizaram da desobediência civil para resistir à ordem injusta! Entre greves de fome, atos, e principalmente a busca do apoio popular, os malucos de estrada (ou malucos de BR) conseguiram se fortalecer e forçaram o Poder Público a se manifestar e sentar na mesa pra negociar.

Após uma reunião de mais de 2 horas, conseguimos consensuar no sentido de criar um zoneamento onde essas pessoas possam expor e viver da sua arte – dentre estes pontos, a Praça 9 de Novembro. Também será apontada uma quantidade de artistas e artesãos por local. Foi criada uma comissão (com representantes dos diversos segmentos) que fará um relatório que servirá de embasamento para uma normativa futura. Até encaminharmos o relatório, os efeitos da notificação estão suspensos, e a turma permanece na 9 de Novembro! – prazo de 30 dias.

Me sinto honrado de ter advogado e atuado neste caso tão complexo, junto aos companheiros do coletivo de advogados populares da Casa 2 de Julho.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Vinho seco: desafio de muitos paladares

Por *Aline Oliveira

Se você, assim como eu, algum dia na vida disse que não gostava de vinho seco, ou até mesmo ODIAVA vinhos secos, eu tenho uma notícia: esse texto é pra você!

Você pode virar pra mim e dizer: Aline, como é que alguém pode gostar de um vinho que seca a boca e parece não ter gosto de nada? Ok, eu sei que não é fácil compreender, sei que no começo é difícil degustar com tanto prazer. Mas, primeiro, vamos saber qual a diferença entre vinhossecos e suaves.

Uma coisa é certa: desde de muito pequenos os sabores doces nos agradam, proporcionam prazer inenarrável (só de pensar me dá vontade de comer brigadeiro de panela). A adição de açúcar está tão presente na nossa vida, desde muito cedo, que inevitavelmente recusamos qualquer coisa não esteja um pouco mais adoçada – como por exemplo sucos e cafés.

Com o vinho não é diferente. Pela falta de costume de sentir o sabor natural das coisas, principalmente das frutas, a expressão “só tomo vinhosuave” porque “odeio vinho seco” é comum de se ouvir. Confesso pra você: para alguns, sommelieres, enólogos, enófilos e “enóchatos” chegar doer o coração ouvir alguém falando isso. Mas tudo bem, a gente sobrevive.

Ninguém começa a aprender matemática partindo direto para uma fórmula de bhaskaras, ou tentando resolver raízes quadradas, equiláteras e assim por diante. Primeiro você conhece os números, aprende a somar, multiplicar, diminuir e dividir.

(mais…)


Artigos, Conquista, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Como escolher os vinhos da ceia da Semana Santa?

Por Aline Oliveira*

Páscoa chegando e com ela o cheiro dos ovos de chocolate, que se tornaram símbolo desta época deliciosa. Mas, o que beber com os pratos servidos na ceia? E porque não chocolate com vinho?

Vamos lá…

Independente do estilo, o vinho está na mesa de todos os brasileiros, e nesta época da Páscoa é muito comum ver vinhos brancos sendo harmonizados com as carnes brancas. Esta combinação é um mito, que também acontece nas ceias de natal, por exemplo. Mas o que vamos ver hoje são os casamentos perfeitos dos vinhos tintos com peixes e inclusive com a sobremesa: os ovos de chocolate.

Em regras gerais de harmonização, a possibilidade de ter menos riscos é harmonizar os pratos típicos e os vinhos do mesmo país e da mesma região. Mas se tratando de ocasiões específicas, como a Páscoa, vamos elaborar parâmetros em que o vinho seja equivalente à comida.

(mais…)


Artigos, Bahia, Brasil, Cultura, Destaques, Vitória da Conquista

Comentário(s)



Opinião: Sobre a utilização indevida e predatória do patrimônio histórico – A atualidade do passado e a necessidade de legitimação do presente

André Effgen[1]

No dia primeiro de abril do corrente ano a ascom da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista publicou uma nota no “Blog da Resenha Geral”  intitulada  “Gabinete itinerante promove resgate histórico e aproxima o governo da comunidade”.  A nota intenta laurear a inciativa do atual prefeito da cidade em simbolicamente deslocar seu gabinete para um evento privado tradicional da cidade, a Expoconquista que este ano chega a sua 51ª edição.

A publicação ainda afirma que o ambiente foi pensado também numa perspectiva de resgate da história política da cidade, por isso mesmo foram utilizados móveis que pertenceram ao ex-prefeito de Vitória da Conquista e ex-governador Luís Régis Pacheco Pereira, pertencentes ao acervo do Memorial Régis Pacheco. O que mais impressiona na leitura do texto são duas fotografias que o acompanham, em uma delas, o prefeito Herzem Gusmão Pereira aparece sentado no antigo conjunto mobiliário de escritório em uma foto solene e solitária, numa outra acompanhado do presidente da câmara municipal, Hermínio Oliveira, e dos vereadores Lúcia Rocha e Gilmar Ferraz.

(mais…)


Artigos, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)