Conquista: Péssima notícia neste sábado

Não é novidade que a situação econômica das famílias brasileiras está bem complicada. Todo santo dia o trabalhador se vira para dar conta das despesas, e falta operar um milagre na hora de ir ao supermercado fazer a feira da casa.

Mas quando a gente observa os dados em números, por meio das pesquisas levantadas, a gente tem uma dimensão melhor do quanto tudo está mais caro e porque temos essa sensação de que o salário escorre pelas mãos.

Um levantamento feito pelo Curso de Economia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, e divulgado neste mês de maio pela TV Sudoeste, mostra que de maio de 2017 para maio de 2022, cinco anos de intervalo, o preço da cesta básica aumentou em 58%.

Entre os itens que mais ficaram caros neste período está o a carne (acém) com aumento de 96%, a banana, uma das frutas mais típicas preferidas do brasileiro encareceu 83%, o tomate que já tem a fama de vilão subiu 72%, já o arroz e o feijão tiveram uma elevação de 63% nesse período.

E olha, os economistas não vislumbram um barateamento de itens básicos da cesta tão cedo. Até mesmo pelas altas recentes dos combustíveis, por exemplo.



Conquista, Destaques, Economia, Vitória da Conquista

Comentário(s)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *