Zói morre em operação policial

O homem identificado como Rafael Santos Brasil, vulgo Zói, 24 anos de idade, morreu durante confronto com a Polícia Militar põe volta das 16h deste domingo (21) no Residencial Vilela, do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, na cidade de Ilhéus

A polícia informa que estava realizando diligências na localidade, momento pelo qual o indivíduo avistou as guarnições e passou efetuar disparos de arma de fogo. Imediatamente, a polícia reagiu a injusta agressão, atingindo o meliante que ficou caído ao solo sem vida.

Em contato com a polícia judiciária, o Site Fábio Roberto Notícias recebeu informação dando conta que Zói era considerado um indivíduo de altíssima periculosidade, com histórico de homicídios, tráfico de drogas e um dos líderes da facção criminosa Tudo 3.

O auto de resistência foi lavrado pela Polícia Militar, a fim de adotar às medidas cabíveis judiciais.



Bahia, Destaques, Polícia

Comentário(s)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *