Conquista: População volta às ruas contra a reforma da previdência; protesto acontece em várias cidades da Bahia

Uma multidão se reuniu mais uma vez, em Vitória da Conquista, em apoio à Greve Nacional que é contra a reforma da previdência. A concentração começou por volta das oito horas da manhã na Praça da Escola Normal, ainda no bairro Recreio, e depois saiu em passeata por ruas do Centro da cidade.

Diversas entidades sindicais, categorias de profissionais, estudantes e outros setores da sociedade estavam representados e participaram do ato, mesmo sob o frio e a garoa fina que caiu durante toda a manhã.

Em apoio ao evento os bancários só passaram a atender o público a partir de meio dia. Diversas escolas municipais e estaduais também não tiveram aulas, já que professores e outros funcionários aderiram à greve, outros setores como por exemplo a Defensoria Pública do Estado da Bahia teve o funcionamento suspenso nesta sexta-feira.

A cidade de Vitória da Conquista, por meio das organizações sindicais e de classes têm participado efetivamente desde os movimentos anteriores contra a reforma da previdência que aconteceram neste ano. O movimento acontece em todo o Brasil e em diversas cidades da Bahia. Grupos realizam protestos e fecham vias de Salvador,  Feira de Santana, Itabuna, Barreiras e Juazeiro, por exemplo.



Conquista, Destaques, Política, Vitória da Conquista

Comentário(s)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *