Confira como estão as obras do novo aeroporto de Conquista; veja vídeo feito ontem (terça-feira)

O Movimento Pró Conquistas (MPC) começou hoje, 10, visitas itinerantes nas principais obras da cidade. O primeiro destino dos membros do MPC foi o Aeroporto Glauber Rocha. Um equipamento que tem tudo para agregar ao desenvolvimento de Vitória da Conquista.

O novo aeroporto de Conquista poderá expandir os caminhos e horizontes da aviação na Bahia, sendo um suporte para o desenvolvimento econômico e social da região sudoeste.

As obras impressionaram os membros do Pró Conquistas. “Vai ser um instrumento para alavancar a economia da nossa cidade por permitir novos negócios e a chegada de novos empreendedores”, afirmou o engenheiro, Fernando Gomes. Quem concorda com ele é o empresário César Andrade, “todos os lugares do Brasil começarão ficar próximo para a gente fazer negócios. Conquista que já é um eixo rodoviário poderá se tornar um eixo aeroviário”, disse.

Para o engenheiro, Alexandre Pedral Sampaio, os benefícios vão além de novos negócios, “vai começar um novo ciclo no desenvolvimento de Conquista. Não só a chegada de novos negócios, mas, também, de técnicos, superintendências e afins”, constatou.

O presidente do Movimento Pró Conquistas e da ACIVIC, Itamar Figueredo, vê com bons olhos as visitas itinerantes do MPC, confirmando o bom diálogo com o poder público. O presidente da Coopmac e membro do Pró Conquistas, Jaymilton Gusmão, também comenta: eu acho importante a gente enquanto um movimento organizado da sociedade civil fazer essas visitas. Ver o andamento das obras, conversar com os nossos políticos, cobrar ações que vão refletir no desenvolvimento da nossa economia e sociedade.

O investimento feito para a construção do Aeroporto Glauber Rocha é de cerca de R$ 100 milhões. O aeroporto tem área patrimonial de 6.000.000 m². Contará com pista de pouso de 2100 m, expansível para 3.200 m. O terminal de passageiros terá 3.500 m², com todos os espaços e serviços para sua operação.



Conquista, Destaques, Vídeos, Vitória da Conquista

Comentário(s)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *