Embasa promove reunião pública para discutir abastecimento de Vitória da Conquista


colegio opcao

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) promove na próxima quinta-feira, dia 07, às 16 horas, reunião pública, para informar à população de Vitória da Conquista as ações adotadas para o cumprimento das condicionantes referentes à ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água, incluindo a construção da barragem do Catolé. Durante o evento que acontecerá no auditório da Câmara de Vereadores a equipe técnica da empresa apresentará os projetos de engenharia, trabalho social e os estudos ambientais referentes ao empreendimento.

A obra emergencial, iniciada em junho, está sendo realizada para suprir o déficit de água nas barragens de Água Fria I e II, em função da seca na região. Elas são responsáveis por armazenar a água que abastece Vitória da Conquista. Toda a tubulação necessária (15,3 quilômetros) para transportar a água do rio Catolé até a barragem de Água Fria já foi implantada e agora os trabalhos prosseguem com montagem das bombas das três estações elevatórias e do ponto de captação flutuante. Após sua conclusão, o equipamento terá capacidade para transportar 300 litros por segundo e dará segurança para encerrar o racionamento em vigor desde maio de 2012.

Construída no município de Barra do Choça, a barragem do Catolé ocupará uma área total de bacia hidrográfica de 761 quilômetros quadrados com espelho d’água de 160 hectares. Sua extensão será de 347 metros e altura máxima de 53 metros, possibilitando o armazenamento de 23,4 bilhões de litros. O empreendimento, no valor de R$ 141,7 milhões, com recursos próprios e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). A obra beneficiará cerca de 340 mil habitantes de Vitoria da Conquista, Tremedal, Belo Campo e diversas localidades da região.


Sudoeste, Vitória da Conquista

Comentário(s)